martins em pauta

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Empresa ligada a assessor de Temer tenta explorar minério em terra indígena

Segunda, 25 de Junho de 2018 

Foto: Beto Ricardo / ISA


Uma empresa ligada ao assessor do presidente Michel Temer (MDB), Elton Rohnelt, tem se esforçado para convencer comunidades indígenas a praticar mineração na fronteira do Brasil com a Colômbia. Para garantir o feito, eles doam barco, pagam por amostra de minério e prometem até cestas básicas, segundo informações da Folha de S. Paulo. No entanto, a Constituição Federal indica que, antes que haja a mineração em terras indígenas, é preciso uma regulamentação específica pelo Congresso e consulta a etnias afetadas. Por outro lado, a publicação aponta que Rohnelt e seu sócio majoritário, o empresário Otávio Lacombe, afirmam que o Estatuto do Índio permite que os índios façam garimpagem rudimentar. De acordo com a reportagem, com base nesse documento, Lacombe incentiva e assessora a criação de cooperativas indígenas, a fim de garantir a extração de tantalita – mineral raro, que tem sido utilizado na indústria eletrônica e se tornou alvo de contrabando. Com a extração, o produto seria vendido à Gold Amazon, que foi fundada por Rohnelt, que é também ex-dono de garimpo e ex-deputado federal por Roraima. Agora, 90% da mineradora pertence a Lacombe e os outros 10%, o assessor de Temer repassou para o nome da filha, Carolina. Segundo a matéria, o foco dos empresários é a exploração na bacia do rio Içana, na Terra Indígena Alto Rio Negro, habitada pela etnia baniua. Por lá, uma das comunidades mais assediadas é a Nazaré, dividida entre índios que aceitam e rejeitam a proposta. As doações feitas aos habitantes incluem lancha, dois motores, um computador e um torneio de futebol. Em resposta à publicação, o empresário disse que o objetivo é ajudar os índios, que "são abandonados, largados" pela Fundação Nacional do índio (Funai). "Índio não paga imposto, vive do Bolsa Família. Isso me comove muito. Eu sou brasileiro, eu quero ajudá-los dentro do que é possível e do que a lei vai me permitir", justificou Lacombe. Já o assessor de Temer, Rohnelt, disse que tem apenas orientado o empresário. "Tudo é com Otávio. Apenas dou a assessoria pela experiência que eu tenho", respondeu ao jornal, acrescentando que acredita que a mineração ajude as comunidades a sair da miséria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055