martins em pauta

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Violência desenfreada:: Em quatro dias sete pessoas foram assassinadas em Mossoró RN

Terça, 07 de Novembro de 2017


A violência está descontrolada em Mossoró, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, que já contabiliza 202 homicídios neste ano de 2017. 

Para se ter uma idéia do crescimento da violência em Mossoró, em pouco menos de quatro dias, ou seja de quinta feira dia 02 para o domingo dia 06, sete pessoas foram assassinadas na cidade. 

Os crimes tiveram início na quinta feira (02) feriado de finados, onde duas pessoas foram mortas de forma violenta. O primeiro homicidio aconteceu no início da tarde, onde uma pessoa identificada como Richardson Diego Duarte de Oliveria, "Dieguinho", 20 anos de idade, morador do Bairro Doze Anos, já com passagem pela polícia, foi encontrado morto com o corpo crivado de balas, em baixo da Ponte do Rio Mossoró,na BR 304, na localidade denominada de Barragem de Genésio no Bairro Belo Horizonte. 

30 minutos depois, outro homicídio, desta vez no centro de da cidade, onde foi vítima, o flanelinha, Pedro Henrique da Silva, conhecido como "Pepeu". Ele foi morto a facadas durante uma briga com outro colega de profissão, no conhecido "Beco das Frutas" no Centro da cidade. 

Na tarde de sexta feira (03), mais uma morte violenta em Mossoró,desta vez na zona rural do município, onde um presidiário do regime semi-aberto da PAMN, identificado como Leonardo Felipe Barbosa Baptista, o " Paulista", foi encontrado morto na região do Riacho Grande. Segundo a perícia, ele foi morto a pedradas e depois enforcado. 

Na noite de sexta feira (03) mais um homicídio e por coincidência mais uma vez em baixo da ponte do Rio Mossoró, na Barragem de Genésio no Bairro Belo Horizonte. A vítima, Alisson Franklin Evangelista da Costa, 28 anos de idade, que morava no Alto da Conceição e segundo informações trabalhava como aplicador de películas veicular, foi encontrado morto com o corpo crivado de balas. 

Na tarde de sábado (05) a cidade registrava mais dois homicídios. Por volta das 14h20min um homem de 21 anos, identificado como Antônio Carlos Mendes de Souza, 21 anos, que residia na Rua Pastor Otoniel Marques Guedes, na Estrada da Raiz, Bairro Santo Antônio, foi alvejado com cerca de três disparos de arma de fogo e morreu na calçada de uma residência, na Rua Vivaldo Dantas de Faria no Bairro Santo Antônio. 

Já por volta das 15h30min, o Serviço Social do Hospital Regional Tarcísio Maia, confirmava a morte do taxista, Carlos Antônio Tavares Dantas,"Toinho Taxista" de 41 anos, que estava internado naquela unidade hospitalar desde a quinta feira (03), vítima de tiros. 

O taxista foi baleado quando estava em um bar no bairro Belo Horizonte. Dois homens chegaram e atiraram várias vezes em sua direção. Ele foi atingido na cabeça e depois de baleado foi socorrido para o HRTM, mas não resistiu e morreu no hospital. 

No final da tarde deste domingo, uma jovem de 23 anos, identificada como, Marília Andresa da Silva, 23 anos, natural de Tibau/RN e residente no Forno Velho, bairro localizado as margens da BR 405 saída para Apodí,em Mossoró, foi morta por disparo de arma de fogo. 

Segundo a familia, o alvo seria o marido dela José Matheus, que conseguiu correr, quando os criminosos começara a atirar. A jovem estava na calçada de sua casa, amamentando a filha de três meses de nascida, quando foi atingida no pescoço por uma bala perdida 

Até o momento nenhum dos criminosos que praticaram os sete homicídios foi preso ou identificado pela polícia Civil.



FIM DA LINHA / J.Belmont

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget