martins em pauta

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

'Homem deve procurar urologista para se orientar, não só sobre câncer', diz médico

Quinta, 09 de Novembro de 2017

por Renata Farias
Foto: Jamile Amine / Bahia Notícias

A cada 36 minutos, um homem morre no Brasil vítima de câncer de próstata. Apenas em 2015, o Ministério da Saúde registrou 14.484 mortes devido à doença. Com o objetivo de conscientizar os brasileiros sobre a importância de exames preventivos e diagnóstico precoce, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) realiza neste mês a campanha Novembro Azul. De acordo com Joabe Carneiro, presidente da SBU-Bahia, a alta incidência de câncer de próstata está relacionada principalmente a hábitos não-saudáveis de vida, assim como ao envelhecimento da população. "A terceira idade é justamente a fase da vida em que aumentam os casos. A próstata é uma glândula que cresce ao longo da vida do homem. No entanto, chega uma época em que ela cresce com maior rapidez, entre os 40 e 50 anos. Cada vez se vive mais, e isso oferece um tempo maior para essa doença se manifestar", explicou. Dados da SBU apontam que 20% dos pacientes são diagnosticados em estágios avançados da doença, o que faz com a taxa de mortalidade chegue a 25% dos casos. No entanto, um diagnóstico precoce leva a 90% de chance de cura. Para isso, é necessária a realização dos exames de Antígeno Prostático Específico (PSA) e toque, que ainda é alvo de muito preconceito. "Diferente da mulher, que desde cedo é orientada a fazer exame preventivo, o homem tem a cultura de esquecer essa questão. Tem muito também o preconceito e medo de perder a ideia do 'super-homem'. Muitos não querem procurar por pensar que quem procura acha", avaliou o profissional. "Da mesma maneira que a mulher procura o ginecologista, o homem deve procurar o urologista para se orientar não só com relação ao câncer de próstata, mas também outros problemas masculinos". Carneiro ainda explicou a diferença entre crescimento benigno e maligno da próstata e a influência do câncer sobre a fertilidade masculina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget