martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 3 de junho de 2022

Viraliza nas redes: Na Europa, empresário do agronegócio brasileiro nocauteia ONGs e ambientalistas perdem o rumo (veja o vídeo)

Sexta, 03 de Junho de 2022

Voltou a viralizar nas redes, um vídeo em que o empresário Antônio Galvan, que acaba de se licenciar da presidência da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), dá uma verdadeira aula sobre como o agronegócio brasileiro atinge níveis altíssimos de produção e de qualidade, ainda que seguindo regras rígidas de proteção ao meio ambiente, e sem que precise ser questionado por Organizações Não Governamentais (ONGs) estrangeiras.

Foi durante visita de uma comitiva de empresários brasileiros do setor mais importante da economia nacional, em Bruxelas, capital da Bélgica, em 21 de novembro de 2018.

Galvan falou a investidores, clientes e representantes destas ONGs, que defendem desmatamento zero, sem conhecer a realidade brasileira.

Ele ressaltou que menos de 8% do território brasileiro e menos de 11% do Mato Grosso foram desmatados para a produção agrícola, preservando-se o restante, em áreas maiores do que a própria Europa:

"Quem aqui conhece o Brasil, quem aqui conhece o Mato Grosso?", questionou, enquanto a câmera mostrava pouquíssimas mãos levantadas no auditório, e prosseguiu:
"Será que precisamos discutir sustentabilidade, soja responsável? Será que precisamos discutir esse assunto? Será que existe outro país que produza soja e seja mais responsável ou mais sustentável que o Estado de Mato Grosso?”, indagou em tom de crítica.
"Vejo aqui pessoas vendendo ideia falsas para querer enganar o consumidor europeu. Não aceitaremos mais nenhuma ONG que venha com essa ideologia, que venha vender falsa ideia do Brasil, especialmente de Mato Grosso”.

A fala é dura do início ao fim, e quando ele se despede, o auditório, nocauteado e desmascarado, permanece em silêncio.

Após esse encontro, o agronegócio brasileiro seguiu batendo recordes de produção, gerando divisas bilionárias, e não foi mais importunado pelas ONGs, desde que Jair Bolsonaro assumiu a presidência do país, dias depois.

Veja o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055