martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 3 de junho de 2022

Senador Lasier Martins detona Rodrigo Pacheco e revela duras verdades (veja o vídeo)

 Sexta, 03 de Junho de 2022

Em entrevista exclusiva à TV JCO, o senador Lasier Martins (Podemos-RS) não poupou críticas ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Também não é para menos! Martins pediu que fosse pautado o impeachment do ministro Alexandre de Moraes e não foi atendido. Ele também conseguiu as 30 assinaturas necessárias para convidar o ministro Barroso a dar explicações sobre as declarações envolvendo as Forças Armadas e teve o pedido ignorado:

“Não havendo esse espírito democrático, que, aliás, Pacheco havia prometido em sua posse, fica muito difícil levar para discussão os pedidos de convites, impeachment, nada disso tem andamento, tudo vai para gaveta. 
Tudo isso causa uma indignação do eleitorado brasileiro que vê que a vontade daqueles que nos mandam para cá - somos apenas representantes do povo e dos estados – não é atendida”, desabafou.  
O senador destacou que sempre se insurgiu contra o superpoder do STF, que foi aumentando com o aparelhamento do PT:
“Hoje, dos 11 ministros, 7 são notoriamente petistas, têm posição ideológica e votam a favor de quem os botou lá. O marco histórico foi a descondenação do Lula, liderada pelo ministro Fachin, que era sabidamente advogado dos Sem Terra. A posição do Supremo estimula impunidade”, ressaltou. 

Moraes no TSE

O ex-presidente Michel Temer afirmou que o ministro Alexandre de Moraes trará tranquilidade às eleições, estando à frente do TSE. Questionado sobre isso, Lasier Martins foi enfático:

“Tranquilidade? Só se for para o Temer, espero para ver”, ironizou. 

Lula e a ameaça contra o Brasil

Martins revelou ainda sua preocupação com a possibilidade de reeleição do ex-presidiário Lula:

“Estamos ameaçados de ter de volta na presidência da República alguém que desviou recursos, enriqueceu, enriqueceu a família, seus asseclas, e que, se voltar, vai fazer a mesma coisa, quem sabe levando o Brasil para um caminho parecido com o da Venezuela”, alertou.

Confira:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055