martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 2 de junho de 2022

Covardemente arrastada na onda de ataques contra Gusttavo Lima, empresa vem a público e faz importante esclarecimento (veja o vídeo)

 Quinta, 02 de Junho de 2022

A empresa One7, que passou a ser alvo dos ataques da velha mídia e dos esquerdopatas na absurda campanha de cancelamento do cantor Gusttavo Lima, divulgou uma nota (ver ao final da matéria) para desconstruir as fake news veiculadas com o objetivo de criar falsas narrativas contra ela e o próprio artista, com quem mantém uma relação estritamente profissional de prestação de serviços.

Uma reportagem tendenciosa e com informações distorcidas, publicada no site de notícias Diário do Centro do Mundo (DCM), deu início à perseguição. Segundo o portal esquerdista, a empresa apontada como um ‘fundo que administra a carreira de Gusttavo Lima' teria pego emprestado R$ 320 milhões de reais junto ao BNDES.

O DCM afirma ainda que a One7 teria comprado a exclusividade para tomar conta da carreira do cantor, por R$ 200 milhões de reais.

A 'notícia; logo repercutiu nas redes, em perfis esquerdopatas e outras páginas com certo apelo púbico, como a da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e o site de notícias Forum, também de esquerda, porém com distorções ainda mais graves.

O vereador Professor Túlio, do Psol do Rio de Janeiro, entrou na onda de cancelamento e assassinato de reputação e reproduziu a mentira em sua conta no Twitter:

“ESCÂNDALO! Fundo One7, que administra a carreira do Gusttavo Lima e de outros artistas pegou emprestado R$ 320 milhões do BNDES para depois negociar shows com prefeituras. Assim funciona o chamado "sertanejo orçamentário"!, escreveu o político

Somente 48 horas após a narrativa ter repercutido nacionalmente e causado uma série de transtornos às vítimas, o site UOL, por meio de sua ‘agência de checagens’, entrou em cena para desmentir:

Na verdade, a empresa de investimentos One7 é uma das donas de um fundo que comprou shows do cantor Gusttavo Lima.  R$ 320 mi é o aporte feito pelo BNDES a um fundo do qual a One7 é cotista e que não tem relação com as apresentações do artista, esclareceu a agência
Como informações incorretas sobre a One7 estão circulando pela internet, esclarecemos aspectos importantes do nosso trabalho: não administramos carreira de artistas. Somos uma plataforma de serviços financeiros composta por fundos de investimentos (FIDCs e FIC) e uma securitizadora de crédito, as quais têm como objetivo a aquisição de direitos creditórios, ou seja, não possuindo qualquer veículo jurídico para a administração de carreira de artistas.
O fundo Four Even FIDC, do qual a One7 é apenas cotista (por meio do seu fundo de investimento em cotas de FIDC), detém os direitos de alguns shows da agenda de diferentes artistas. Entretanto, não administra a carreira de nenhum deles.
A One7 esclarece, ainda, que as operações do fundo Four Even FIDC não têm qualquer relação com o aporte feito pelo BNDES em 2021, destinado ao fundo FIC FIDC XP Brasil MPME, do qual a One7 também é cotista. Vale destacar que este fundo tem como vocação a oferta de crédito para micro e pequenas empresas no país, com critérios de elegibilidade de acordo com o regulamento do fundo, que pode ser obtido no site da CVM. Esses recursos não podem financiar quaisquer eventos artísticos.
Ressaltamos também que as parcerias da One7 com prefeituras do interior de São Paulo para a capacitação profissional de jovens são financiadas por recursos próprios da empresa, não existindo qualquer transação financeira ou comercial com os municípios envolvidos.
Reafirmamos que nossas decisões de negócios e parcerias continuarão a prezar pelo comprometimento e pela sinceridade, dois dos sete valores que sustentam a instituição desde a fundação. Saiba mais sobre esses valores e atuação da One7 aqui: https://one7.com.vc/quem-somos/ 

Gusttavo Lima também repudiou os ataques, durante live, em um forte desabafo:

Assista:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055