martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Bombástico, Roberto Jefferson afirma que narcotráfico manda no STF e que PDT está usando dinheiro da China (veja o vídeo)

 

Segunda, 26 de Abril de 2021

Sem medo de desmascarar o sistema, e falar a verdade, doa a quem doer, Roberto Jefferson foi um dos destaques da segunda edição da Super Live TV JCO.

Profundo conhecedor das entranhas do poder, ele abordou diversos assuntos, como a volta do Lula e as ações de alguns ministros do STF.

Através das redes sociais, Roberto Jefferson afirmou que o Supremo elevou Lula a uma espécie de Maluf, que era conhecido como "rouba, mas faz".

“No caso de Lula, ainda fará mais e continuará roubando. O Supremo hoje é o Instituto Lula. Lá é a casa do Lula. É um Supremo de esquerda, anticristão, anticonservador, contra o presidente da República. É um partido político com poderes judiciais, o que é muito ruim. Porque quando é um partido político, você enfrenta politicamente.
O Supremo tem aquela capa, aquela áurea de um poder judiciário e hoje é um partido político, de esquerda, totalitário. E age no Brasil como a Corte da Venezuela agia. Você veja, que quem colocou o Maduro na cadeira como presidente definitivamente, ditador, comunista e opressor, foi a Suprema Corte, financiada pelo narcotráfico internacional. Tal lá, como cá”, ressaltou.

O presidente do PTB relembrou algumas decisões do STF envolvendo narcotraficantes:

“No Supremo Tribunal hoje manda o narcotráfico. Você vê, o estado investe quase R$ 4 milhões, R$ 3 milhões na captura do André do Rap e, em uma semana, o Supremo soltou. Na semana seguinte, entra preso outro cara do PCC, com 180 quilos de cocaína pura e pó e o ministro do Supremo soltou, dizendo que ele tem bons antecedentes.
E, ano passado, em setembro, o mesmo Supremo soltou o segundo homem do PCC em São Paulo, dizendo que ele poderia contrair coronavírus na prisão. É a narco-corte da Venezuela com influência direta no Brasil. Porque é muito mais fácil você comprar 11 ministros através do narcotráfico do que pagar 600 parlamentares. Tem mensalão do narcotráfico agora. Isso viria à baila lá no Supremo, porém, a coisa é mais no monopólio, mais escondidinho”, ressaltou.

“O PDT está usando dinheiro da China”

Roberto Jefferson comentou ainda sobre a volta do marqueteiro João Santana, que cuidou da campanha de Lula e Hugo Chávez, e foi contratado pelo PDT para fazer a campanha de Ciro Gomes em 2022. João Santana foi condenado por corrupção, lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito e chegou a ser preso. Jefferson afirmou que o PDT está usando “dinheiro da China”.

“Onde é que o PDT arrumou dinheiro para isso? Do fundo partidário não foi. Depois que ele se inscreveu, assinou o manifesto do Fórum de São Paulo e passou a conviver com o embaixador da China, a frequentar a Embaixada da China, de repente o PDT ficou com o recurso para contratar esses milionários marqueteiros.
Tudo isso é dinheiro chinês, é dinheiro vermelho, dinheiro comunista, de um povo escravo e de uma burocracia ditatorial opressora milionária, que está corrompendo os partidos políticos no Brasil. Infelizmente, essa é a verdade. A China corrompeu os sindicatos, colocou dinheiro nos sindicatos. Diz ela que é para combater a pandemia que ela inventou em laboratório. Eu tenho horror a esse embaixador da China que está no Brasil...
Esse ‘Ching Ling’. Eu já tinha caçado a carta e mandado ele de volta para a China. Porque foi ele quem fez aquela conspiração na Argentina e colocou de volta a bruxa, a velha bruxa, Cristina Kirchner, de volta ao poder, com seus prepostos, não é? Foi esse ‘ChingLing’ que fez isso com muito dinheiro e comprou a Argentina. As propriedades, as terras, as indústrias.
Hoje é tudo ‘ChingLing’ na Argentina. Era um país de tanta dignidade, um país tão bonito, tão arrumado. E está fazendo isso agora no Brasil. Comprando governadores, comprando prefeitos, comprando ministros do Supremo Tribunal Federal”, destacou. 
De acordo com Jefferson, infelizmente, a China tem corrompido o que há de pior na nossa representação política e o que há de mais indigno na nossa representação tecnocrática.
“Não me surpreende que partidos políticos possam contratar marqueteiros milionários que já ajudaram o Chaves e ajudaram o Lula. Infelizmente tem gente que se vende a qualquer preço”, frisou.

“As mortes por covid se tornaram um galpão de negócios”

Sobre a ampliação da CPI para estados e municípios, o presidente do PTB foi categórico:

“As mortes por covid se tornaram um galpão de negócios. Os óbitos de covid remuneram mais estados e municípios. Eu penso que são R$ 20 mil reais a mais para aquele que receber um laudo de covid. Então virou um negócio para estados e municípios para tirarem dinheiro do Sistema Único de Saúde (SUS). O número de mortes no Brasil não subiu.
É o mesmo percentual de 2019, 2018, 2017... agora só se morre de covid. Ninguém morre mais de infarto, de pneumonia. Ninguém morre com dengue hemorrágica. Todo mundo morre de Covid porque dá lucro para o prefeito, para o governador, atestar no óbito de qualquer paciente que morreu de covid”, completou.

Veja a entrevista completa de Roberto Jefferson na segunda edição da Super Live TV JCO:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055