martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Em caso raríssimo, bebê 'fura' útero da mãe e estica as pernas para fora

Quinta, 29 de Abril de 2021


Um estudo publicado pelo The New England Journal of Medicine revelou um caso raríssimo em que um bebê prematuro perfurou a útero da mãe durante o desenvolvimento e colocou as pernas em sua cavidade abdominal. O natural nos mamíferos é que os embriões cresçam no interior do útero conforme ele se expande e não ultrapassem esse 'limite natural'. Entretanto, na França, uma mãe de 33 anos realizava um exame de rotina de ultrassom quando os médicos observaram o incomum caso.

O bebê, então com aproximadamente 25 semanas, rompeu a parede uterina e esticou as pernas na cavidade abdominal da mãe. Ela, segundo a publicação, não relatava qualquer sintoma de dor ou estranheza. Uma ressonância magnética indicou que o 'buraco' no útero era de 2,5 centímetros.

De acordo com os pesquisadores, a ruptura uterina é "extremamente rara" e que somente 0,5% de todos os casos de gravidez relatem essa anormalidade. O risco é elevadíssimo, tanto para a mãe quanto para o bebê, visto a proximidade em que o feto fica dos órgãos vitais do organismo que o mantém. A suspeita dos médicos é que a mãe possa ter apresentado um enfraquecimento do tecido do útero uma vez que já foi submetida a outras cinco cirurgias cesarianas.

Após 5 semanas do diagnóstico, a mãe passou por outra cirurgia cesariana para retirar o bebê 'intrometido'. Saudável, o recém-nascido pesava 1,4 kg e não apresentou quaisquer complicações nos seis meses seguintes de acompanhamento pelos médicos. Após a cesária, a mãe foi submetida a outro procedimento para fechar a fissura no útero. Ela teve alta do Hospital Universitário Angers 5 dias após o ocorrido.

(Yahoo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055