martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 5 de dezembro de 2020

Vacinas não significam ‘zero Covid-19’, alerta OMS

Sábado, 05 de Dezembro de 2020

Foto: DADO RUVIC / Reuters

As vacinas são uma parte importante da batalha contra a Covid-19, mas não vão acabar com a pandemia sozinhas, disse nesta sexta-feira (4) Mike Ryan, o maior especialista em emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS).

— Estamos vendo surgirem dados de que a proteção pode não ser vitalícia e, portanto, pode haver reinfecções — disse Ryan — Vacinas não equivalem a zero Covid.

O progresso recente nos imunizantes contra a Covid-19 é positivo, mas a OMS está preocupada que isso tenha levado a uma crescente percepção de que a pandemia chegou ao fim, afirmou o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

— O progresso nas vacinas nos dá um impulso e agora podemos começar a ver a luz no fim do túnel. No entanto, a OMS está preocupada com a crescente percepção de que a pandemia da Covid-19 acabou — disse ele.

Tedros afirmou que a pandemia ainda tem um longo caminho a percorrer e que as decisões tomadas pelos cidadãos e governos determinarão seu curso no curto prazo e quando ela irá acabar.

— Sabemos que tem sido um ano difícil e as pessoas estão cansadas, mas em hospitais que funcionam com ou acima da capacidade, é o mais difícil possível — disse ele. — A verdade é que atualmente muitos lugares estão testemunhando uma transmissão muito alta do coronavírus, o que está colocando uma enorme pressão sobre hospitais, unidades de terapia intensiva e profissionais de saúde.

A Grã-Bretanha aprovou a vacina Covid-19 da Pfizer na quarta-feira, saltando à frente do resto do mundo na corrida para iniciar as inoculações em massa.

A mudança aumentou as esperanças de que a maré possa em breve se voltar contra o vírus que já matou quase 1,5 milhão de pessoas no mundo, martelou a economia mundial e mudou a vida normal de bilhões desde que surgiu em Wuhan, China, um ano atrás.

O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055