martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Existe no Brasil algo muito pior que a pandemia

 Segunda, 30 de Novembro de 2020

Milhares de empresas fecharam as portas, milhões de pessoas ficaram desempregadas e incontáveis profissionais liberais ficaram sem trabalhar.

O brasileiro é um FDP tão egoísta, que foi muito fácil dizer "fique em casa" sendo político, funcionário público, pensionista ou tendo dinheiro de sobra no banco. Mas a grande maioria não tem essa mesma condição.

As consequências secundárias se estenderam por milhões de casos de depressão causados pelo isolamento, divórcios, estresse elevadíssimo e endividamento crescente. Vivemos também um período de histeria como nunca tivemos anteriormente.

Mas tem algo que ainda pode ser pior, e eu diria até desumano.

Não foi por vontade própria que as pessoas pararam, fecharam as portas ou tiveram suas atividades paralisadas. Foi por contingência., e nisso vimos a omissão e a mais absoluta covardia do nosso sistema judiciário.

Imaginem quantas pessoas ficaram impossibilitadas de pagar seus aluguéis ou condomínios! E os títulos bancários? Pois é... A Justiça, feita por juízes com altos salários certos e que ainda se dão ao luxo de trabalhar em "home-office" não deixou de emitir ordens de despejo ou de executar quem não pôde pagar suas obrigações, como se as pessoas tivessem se tornado inadimplentes por vontade própria! Se o Brasil paralisou, mais do que justo seria a suspensão das cobranças.

Também não vi nenhum político propondo algo no sentido de assegurar que quem estivesse em dificuldades devido à pandemia, tivesse suas dívidas paralisadas.

Como pode isso? Não te deixam trabalhar mas exigem que você pague como se dinheiro caísse do céu? Pois é... Essa é a mesmíssima Justiça que soltou milhares de criminosos por conta da pandemia, e ainda impediu a polícia de entrar em favelas pra buscar bandidos.

Quer saber... O vírus não é a pior coisa que poderia haver no Brasil.

Foto de Marcelo Rates Quaranta

Marcelo Rates Quaranta

Articulista


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055