martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Maioria dos brasileiros é contrária ao voto obrigatório, aponta pesquisa

Segunda, 28 de Dezembro de 2020 


Maioria dos brasileiros é contrária ao voto obrigatório, aponta pesquisa
Foto: Claudia Cardozo/Bahia Notícias


A contrariedade em relação a obrigatoriedade do voto é partilhada pela maioria dos brasileiros. De acordo com levantamento do Instituto Datafolha, 56% discordam do comparecimento obrigatório às urnas. Outros 41% se dizer favoráveis ao dever. Do total de entrevistados, 1% não soube responder e outro 1% se disse indiferente a respeito. A pesquisa foi publicada neste domingo (27). 

 

Conforme publicado pela Folha, a margem de erro na pesquisa, feita entre os dias 8 e 10 de dezembro, é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram ouvidos 2.016 brasileiros adultos que possuem telefone celular de todas as regiões brasileiras.

 

A taxa de rejeição à obrigatoriedade do voto é inferior ao pico registrado na pesquisa anterior do instituto, de 2015, quando atingiu 66%. Em levantamentos feitos ao longo de 2014, ano eleitoral, os eleitores contrários também eram maioria.

 

Já em maio de 2010, os blocos contrários e favoráveis ao voto obrigatório estavam empatados, com 48% cada.

 

No histórico do Datafolha, o bloco favorável ao voto impositivo liderou a pesquisa em uma ocasião, em dezembro de 2008, na qual somou 53% dos entrevistados ante 43% do bloco contrário.

 

Recuando ainda mais no histórico de pesquisas, os opositores do voto obrigatório eram maioria em levantamento feito em agosto de 2006 (50% a 45% dos favoráveis) e em duas aferições produzidas nos anos 1990.

 

Em agosto de 1994, os contrários à obrigatoriedade eram 53% (ante 42% dos favoráveis).
Neste ano, a pesquisa foi feita por telefone para evitar a infecção por Covid-19. Esse tipo de entrevista exige questionários mais rápidos, sem a utilização de estímulos visuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055