martins em pauta

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Operação da PF investiga magistrados do TJ-GO por venda de sentenças em recuperação judicial

Quarta, 01 de Julho de 2020 

Foto: Divulgação

A Polícia Federal realizou nesta terça-feira (30) um desdobramento da Operação Máfia das Falências, em Goiás, para apurar venda de decisões judicias em processo de recuperação judicial de empresas. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), um dos casos investigados envolve um desembargador do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), que teria recebido R$ 800 mil para deferir uma decisão judicial. A operação é comandada pela subprocuradora da República, Lindora Araújo - também responsável pela Operação Faroeste. 

Os mandados foram autorizados pelo ministro Campbell Marques, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), relator do caso. Ele determinou o sigilo dos autos. Os nomes dos alvos e da empresa em questão não foram divulgados. TJ-GO afirmou que está colaborando com a investigação. A primeira fase da operação foi realizada em novembro de 2019, em três estados, para apurar a existência de um grupo suspeito de fraudar falências de empresas. 

Segundo a subprocuradora Lindôra Araújo, o primeiro crime se trata de "tentativa de nomeação de administrador específico para atuar no processo de recuperação judicial de uma usina de álcool para a obtenção de lucros". O outro refere-se à uma suposta venda de decisão judicial. No caso em tese, apura-se o pagamento de R$ 800 mil a um desembargador para autorizar o retorno desse investigado ao cargo de administrador judicial da usina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055