martins em pauta

domingo, 19 de agosto de 2018

Com requintes de crueldade, ativista LGBT é morto a facadas em Itororó

Domingo, 19 de Agosto de 2018 

Vítima teve genitália dilacerada | Foto: Reprodução/ Facebook


Um ativista da causa LGBT foi encontrado morto na cidade de Itororó, no sul da Bahia. De acordo com informações da Polícia Militar, Marcos Cruz Santana, conhecido como Marcos Tigrezza, de 40 anos, foi assassinado a facadas e teve o corpo achado na noite deste sábado (18), próximo à rodoviária do município.

O crime teve requintes de crueldade. Além das marcas de golpes de faca no pescoço, Marcos teve o órgão genital dilacerado. 

Ele ficou conhecido pelo trabalho social e também por organizar a Parada LGBT de Itororó. Além disso, era presidente da Associação dos Movimentos Parceiros e Amigos da Saúde e Direitos Humanos das Minorias Sexuais. 

Promotora do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e atuante na defesa de direitos das minorias, Márcia Teixeira lamentou nas redes sociais a morte do ativista social. Em uma postagem no Facebook, ela lembrou que o Brasil é líder mundial em assassinatos contra a população LGBT. 

“Essa madrugada com requintes de crueldade mais um crime de ódio foi praticado agora em Itororó - Bahia contra o homossexual ativista do movimento LGBT Marcos Cruz Santana, Marquinhos Tigrezza, na cidade de Itororó/BA no dia de hoje [...] Quantos vão precisar morrer para que possamos viver em PAZ!”, lamentou.

O caso será investigado pela Polícia Civil. Marcos será enterrado neste domingo (19), na cidade de Bandeira do Colônia, na Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055