martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

Lindôra entra em novo confronto direto com Moraes

 Segunda, 05 de Dezembro de 2022



O pedido para aplicação dos "corretivos" foi feito pelo Ministério Público do Mato Grosso e Moraes deu prazo de 24 horas para a PGR se pronunciar sobre o caso. 

Lindôra não perdeu tempo e rebateu a instrução do MP-MT afirmando que "as Forças de Segurança do Estado de Mato Grosso estariam desde o início das manifestações atuando em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e que a operação integrada teria logrado desobstruir os bloqueios em vias e rodovias sem a necessidade do uso da força".

A PGR também avisou ao ministro que individualizar responsabilidades dentro das manifestações contrárias a Lula não faz parte das atribuições da Suprema Corte. Muito menos, a aplicação de medidas coercitivas.

O MP de Mato Grosso pretendia aplicar multa de R$ 20 mil a pessoas físicas que estivessem nos atos e de R$ 100 mil a empresas envolvidas. Também solicitou a apreensão de todos os bens móveis e produtos de posse dos manifestantes acampados em diversas partes do estado.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643