martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 19 de setembro de 2022

Patifaria e Honestidade

 Segunda, 19 de Setembro de 2022

De acordo com o dicionário, patifaria significa ardil, indecência, blefe, burla, cambalacho, cilada, conluio, embromação, embuste, engano.

O seu oposto, o contrário de patifaria é a correção, a dignidade, a exatidão, a franqueza, a honestidade, a honra, a integridade, a decência, a lisura, o brio.

Compreendam que todos renegam e se afastam do primeiro significado e se aproximam e querem para sí, para os outros e para o país o segundo sentido. 

Patifes são todos aqueles que enganam os outros.

Decentes são os que se esmeram em resolver problemas, ajudar o próximo.

Você, nestas eleições, vai decidir como será a vida do país para os vindouros 4 anos. Dois candidatos são os preferidos. Os dois já são conhecidos.

Você aprecia ou não os dois e sabe o que eles fizeram.

Um governou durante 8 anos e enganou, roubou, cometeu crimes, foi condenado, cumpriu pena e foi descondenado para participar das eleições.

Blefando de forma vil, elegeu uma sucessora e mais uma vez usando de burla, conseguiu elegê-la novamente. Mas dessa vez o embuste durou apenas 2 anos. O povo foi às ruas e cassou o seu mandato.

O outro candidato, que você também já conhece, recebeu o país com 13 milhões de desempregados, a Petrobrás assaltada e dando prejuízo; o Banco do Brasil, Correios, Caixa Econômica, todos quebrados e com rombos enormes. Um ano depois quando o país parecia sair do caos, veio a pandemia que durou 2 anos. Quando pensávamos que tudo estava terminado veio a guerra e com ela a inflação, a subida de preços... Mesmo assim ele realizou feitos extraordinários:

01) Redução recorde de homicídios e crimes violentos (queda de homicídios de 62 mil/ano para 39 mil/ano);
02) Apreensão recorde de drogas e entorpecentes;
03) Maior programa de privatização da história (402 bilhões em privatizações, concessões e desestatizações);
04) Redução do desemprego de 14% p/ 9%;
05) Extinção de 27 mil cargos públicos;
06) Lei da Liberdade Econômica;
07) Criação do PIX;
08) Reforma da Previdência;
09) Marco do Saneamento Básico;
10) Marco das Ferrovias;
11) Marco do Gás;
12) Marco das Startups;
13) Sistema Balcão Único (abertura de empresas em poucas horas);
14) Nova Lei de Falências;
15) Melhora de 124ª para 65ª no Ranking Doing Business do Banco Mundial;
16) Digitalização de Serviços (redução de burocracia e mais celeridade no atendimento à população);
17) Digitalização dos cartórios;
18) Revogação de 23 mil atos normativos (corte de burocracia e gastos);
19) Venda de Imóveis da União (arrecadação de mais de 100 bilhões);
20) Lei de Combate à fraude Previdenciária;
21) Lei das Assinaturas Eletrônicas (reconhecimento de assinaturas eletrônicas em documentos, contratos, etc.);
22) Venda/Transferência de Veículos por meio Digital;
23) Nova Lei de Licitações;
24) Adesão do Brasil ao Acordo de Contratações Governamentais (GPA), que permitirá a participação de empresas estrangeiras em licitações no Brasil e de empresas brasileiras em licitações no exterior;
25) Início do ingresso do Brasil na OCDE;
26) Eleição do Brasil para o Conselho de Segurança da ONU;
27) Abertura do 1º Escritório Regional da Organização Mundial do Turismo nas Américas;
28) Extinção da Unasul e criação do Prosul;
29) Conclusão das negociações dos acordos comerciais com a União Européia e com o EFTA;
30) Maior fluxo de comércio da história;
31) Maior superávit comercial da história;
32) Brasil como um dos 5 principais destinos de investimentos externos (2019-2021);
33) Acordo de Salvaguardas Tecnológicas que irá fazer de Alcântara um dos centros da indústria aeroespacial;
34) Conclusão de mais de 5 mil obras de infraestrutura;
35) Execução de mil obras para melhorar a infraestrutura turística do país;
36) Entrega Transposição do Rio São Francisco e de centenas de outras obras que garantem o acesso da população nordestina a recursos hídricos;
37) Reabilitação do modal ferroviário com o Marco das Ferrovias e Programa Pró-Trilhos;
38) 30 contratos para a construção de novas ferrovias (investimentos de 133 bilhões);
39) 10 mil KM de malha ferroviária em construção;
40) 11 mil KM de malha ferroviária em reabilitação;
41) Auxílio-Emergencial (R$ 600,00);
42) Auxílio Brasil (R$ 400,00 e agora R$600);
43) Mais de 400 mil Títulos de propriedades rurais, com redução recorde de invasão e conflitos no campo;
44) Manutenção do endividamento público no patamar pré-pandemia;
45) Criação da Secretaria Nacional de Alfabetização e de programas de alfabetização baseado em evidências;
46) Aumento de 33,24% no salário dos professores da Educação Básica, o maior reajuste salarial para professores da história;
47) Criação de 130 Escolas Cívico-Militares;
48) Reforma e ampliação de 2.500 escolas no país;
49) Renegociação de dívidas para os beneficiários do FIES;
50) Lei do Superendividamento (recuperação de indivíduos com endividamento excessivo);
51) Programa Wi-Fi Brasil (15 mil pontos);
52) Redução de tarifas e tributos de centenas de produtos, incluindo alimentos, medicamentos e insumos médicos;
53) Fixação de teto para impostos estaduais;
54) Redução de 25% do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados)
55) Redução gradual do IOF até chegar a 0% em 2029;

Com decência e franqueza esse candidato resistiu. Enfrentou os grandes grupos que queriam de volta o poder e que arquitetaram o “fique em casa, a economia a gente vê depois”. Recuperou todas as Estatais que agora estão dando lucro, comprou vacinas e venceu a inflação. O país renasce.

Mas o tempo não para. É tempo de novamente você decidir o que é melhor para a nação. Sua decisão é fácil: um roubou junto com o partido e o outro recuperou o roubo; um quebrou o país e disse que você vivia no melhor dos mundos; o outro, com palavras duras, chamou a nação ao trabalho, desfez a quimera, mostrou que as empresas de comunicação alienavam o povo.

Pense se você quer um que você já conhece, que está milionário, que foi condenado pela justiça e descondenado para participar desta eleição e se apresenta como bonzinho, amoroso, fofinho, cercado por todos aqueles que durante 16 anos comeram e beberam às custas de seu trabalho e querem voltar a cena do crime.

Pense se você quer o outro, que você também já conhece, que usa palavras duras, que não te engana, que fala o que tem que falar, com franqueza, que tem decência, honestidade e sabe que para vencer na vida é preciso trabalhar honestamente e não enganar, roubar, mentir...

Um você já conhece e sabe que é um grande patife.

O outro você avalia e verifica que ele saneou e tenta levar o país para os trilhos novamente.

Ele quer terminar a limpeza que começou, expulsar as ratazanas e seus amigos para longe dos cofres da nação, para os países comunistas, pois é lá que eles idealizam viver, mas nunca vão, preferem enganar o povo e o país em que vivem.

É uma decisão fácil que impactará sua vida e o futuro de seus filhos.

Carlos Sampaio

Professor. Pós-graduação em “Língua Portuguesa com Ênfase em Produção Textual”. Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055