martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 9 de agosto de 2022

Fachin e Moraes excluem coronel do Exército de fiscalização das urnas e mandam avisar ministro da defesa

Terça, 09 de Agosto de 2022

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin e Alexandre de Moraes, respectivamente, presidente e vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), retiraram da lista de integrantes que fiscalizariam as urnas eletrônicas nestas eleições o coronel do Exército Ricardo Sant’ana, que criticou o sistema eleitoral brasileiro nas redes sociais.

O descrecenciamento do militar foi encaminhado ao Ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, nesta segunda-feira (8).

A Corte Eleitoral alega que ele disseminou Fake News sobre as urnas e, por isso, deveria ser substituído.

- (...) a elevada função de fiscalização do processo eleitoral há que ser exercida por aqueles que funcionam como terceiros capazes de gozar de confiança da Corte e da sociedade (...) - escreveram os ministros no ofício.

O TSE afirma ainda que o ministro da Defesa pode indicar um novo nome, se quiser, para a substituição de Sant’Anna.

As Forças Armadas começaram a inspecionar o código-fonte da urna eletrônica na última 3ª feira (2).

O ministro da Defesa havia enviado um ofício ao TSE classificado como “urgentíssimo” e solicitando a análise.

Eis os militares que começaram a análise na semana passada:

Coronel Marcelo Nogueira de Sousa (Exército); Coronel Ricardo Sant’ana (Exército); Capitão Marcus Rogers Cavalcante Andrade (Marinha); Capitão Hélio Mendes Salmon (Marinha); Capitão Vilc Queupe Rufino (Marinha); Tenente Coronel Rafael Salema Marques (Força Aérea); Major Renato Vargas Monteiro (Exército); Major Márcio Antônio Amite (Exército); e Capitão Heitor Albuquerque Vieira (Força Aérea).

Os militares pediram para inspecionar o código-fonte até 12 de agosto.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643