martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Variantes Delta e Gama são responsáveis por 99% dos casos sequenciados no país; ‘cepa original está quase inexistente’, afirma pesquisadora

 Quinta, 23 de Setembro de 2021

Foto: Governo de São Paulo

Um levantamento com dados da plataforma Genomahcov, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostra que as variantes Gamma e Delta são responsáveis por 99% dos casos do novo coronavírus sequenciados no país.

No último ano, ainda segundo a Fiocruz, foram identificadas pelo menos 95 linhagens diferentes do vírus.

Os números confirmam um dado do estudo de uma nova vacina contra a Covid-19, a Clover, desenvolvida pela fabricante Sichuan Clover Biopharmaceutical.

“É importante destacar que, durante os estudos, em todos os casos sequenciados, não foi detectado nenhum da cepa original. Isso mostra ao mundo que a cepa original está quase inexistente e veio sendo substituída pelas variantes”, afirmou a médica Sue Ann Costa Clemens, professora da Universidade de Oxford e coordenadora dos testes no Brasil.

A plataforma da Fiocruz armazena mais de 38 mil amostras de todo o país desde setembro de 2020. De acordo com o Genomahcov, que acompanha as linhagens em circulação da Covid-19 no Brasil, nos últimos dois meses, 74,5% dos 4.892 sequenciamentos feitos no Brasil foram da variante Delta.

Em seguida, vem a Gamma com 23,6% dos casos. Devido ao aumento da transmissibilidade e virulência, tanto a Delta quanto a Gamma são classificadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como Variantes de Preocupação (VOC).

Os outros 1,9% sequenciados correspondem a linhagens de cepas como a Alfa, Beta, Mu. Entre os estados com maior número de casos de variante no último ano está São Paulo (13.555), seguindo do Rio de Janeiro (5.600), Amazonas (1.640) e Rio Grande do Sul (1.596).

CNN Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055