martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

domingo, 2 de maio de 2021

É preciso reabrir a economia para gerar trabalho e renda a brasileiros, diz FHC

 Domingo, 02 de Maio de 2021

Foto: JF Diorio/Estadão

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou, no Primeiro de Maio unificado das centrais sindicais, que é necessário reabrir a economia brasileira com segurança, para gerar trabalho e renda para os brasileiros. “É fundamental hoje nós pensarmos nos trabalhadores porque há muito desemprego no Brasil. Eu diria que a questão fundamental no Brasil hoje é reabrir a economia de modo tal que ela possa permitir que tenhamos trabalho, renda, para as nossas famílias”, declarou, neste sábado.

O tucano adotou tom distinto de seus pares no evento e não teceu críticas diretas ao governo de Jair Bolsonaro.

FHC disse que, durante toda a sua trajetória política, procurou prestigiar aqueles que lideram os trabalhadores brasileiros. No ato unificado do ano passado, o tucano dividiu – ainda que virtualmente – o palanque com Lula pela primeira vez desde a campanha de 1989, em que ele apoiou o petista contra Fernando Collor de Mello.

O ex-mandatário terminou sua curta declaração destacando a importância da educação no País, e desejou que “tenhamos um futuro mais auspicioso, com mais trabalho, com mais possibilidade de viver melhor, não só individualmente, mas familiarmente”.

O evento foi organizado pela CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST, CSB, Intersindical, Pública e CGTB. Este é o terceiro ‘1º de Maio Unitário’ — como é chamado —, promovido pelas centrais. O primeiro, em 2019, foi realizado de forma presencial, já o segundo, no ano consecutivo, teve de adotar o formato virtual devido à primeira onda da pandemia de covid-19 no Brasil.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Está vendo que vão perder a eleição, já começou a mudar o discurso.
    Daqui a pouco tá baixando o pau no PT.
    Classe política hipocrisia pura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055