martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Incorrigível, Doria comete mais um ato de covardia e deslealdade (veja o vídeo)

Sexta, 10 de Setembro de 2020


Eleito prefeito de São Paulo, com total apoio de Geraldo Alckmin, fez do ex-governador a primeira vítima de suas investidas traiçoeiras.

Deixou a prefeitura na busca incessante de suas infinitas ambições. Conseguiu êxito. Foi eleito governador.

Para tanto, se adequou ao discurso de Jair Bolsonaro e criou, por sua conta própria, o "BolsoDoria".

Hoje de olho num novo salto, sonhando em ser presidente, ataca Bolsonaro. De maneira sorrateira e sem qualquer sentido.

Além da covardia, age com extrema ingratidão.

E a pior das qualidades de um ser humano, que revela o seu mau-caratismo, é justamente a ingratidão.

E Doria, em entrevista à ANSA, mais uma vez, simplesmente “cuspiu no prato em que comeu”.

Além de se dizer ‘arrependido’ de ter feito a campanha “BolsoDoria”, blasfemou uma série de mentiras e leviandades.

“Me arrependo, sim. Quando da campanha eleitoral, o Bolsonaro se apresentava como um candidato liberal, anti-PT e contra posturas de corrupção do governo petista, apresentava um programa desestatizante, anticorrupção, anunciava que convidaria Sérgio Moro para fazer parte do governo, que respeitaria a Operação Lava Jato e que defenderia a democracia no Brasil”, disse Doria.

As declarações de Doria são falsas. Todo mundo sabe, todo mundo vê. Quem ele pensa que engana?

Há pouco tempo, no afã de derrubar o presidente, foi Doria quem trocou afagos com Lula.

O 'ditadorzinho' paulista, vai perceber que ninguém mais cai em suas armadilhas.

É o seu fim de carreira

Abaixo, um vídeo que comprova o tamanho da incoerência e hipocrisia do governador:

da Redação / Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055