martins em pauta

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Bolsonaro sugere cortar salário de políticos para ampliar auxílio

Quarta, 10 de Junho de 2020


“A ideia da equipe econômica, a minha também, é mais duas parcelas, talvez de R$ 300”, diz Bolsonaro sobre coronavoucher.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, comentou, nesta terça-feira (9), sobre uma possível ampliação do auxílio emergencial concedido em meio à pandemia de coronavírus.

Bolsonaro disse que deputados e senadores que defendem o pagamento de mais duas parcelas de R$ 600 do auxílio emergencial, pensem na redução dos próprios salários para garantir os recursos.

Ao final de reunião ministerial, em Brasília, Bolsonaro declarou:

“Eu sei que tem parlamentar que quer mais duas de R$ 600. Tudo bem, se tivermos um programa para diminuir o salário do parlamentar pela metade. Grande parte do salário desses parlamentares será usada para pagar isso. Aí tudo bem. Eu pago até R$ 1 mil por mês, não tem problema nenhum. Mas dizendo de onde vem o recurso. Não podemos nos endividar.”

A ideia do governo é pagar duas parcelas extras da ajuda, mas com o valor reduzido pela metade, isto é, R$ 300.

O chefe do Executivo explicou:

“A gente não tem como, cada parcela é um pouco mais de R$ 40 bi [impacto para os cofres públicos]. Não tem possibilidade da nossa dívida continuar crescendo dessa maneira. Então a ideia da equipe econômica, a minha também, é mais duas parcelas, talvez de R$ 300.”


(Renovamídia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055