martins em pauta

domingo, 7 de junho de 2020

Além de Brasília, SP e RJ têm atos a favor e contra Bolsonaro neste domingo

Domingo, 07 de Junho de 2020

Imagem: Luis Adorno/UOL

Pela manhã, um grupo de apoiadores do presidente Bolsonaro se reuniu na Avenida Paulista, nas proximidades da Fiesp. Bolsonaro pediu a apoiadores que não fossem ao ato convocado por críticos ao governo durante live em suas redes sociais.

O Largo da Batata, em Pinheiros, é o ponto de encontro da manifestação em oposição ao governo federal. O protesto é organizado pela Frente Povo Sem Medo, da qual Guilherme Boulos (PSOL) faz parte, e conta com a participação das torcidas organizadas, como o movimento Somos Democracia, formado por torcedores do Corinthians.


Imagem: TABA BENEDICTO/ESTADÃO CONTEÚDO

No RJ, Um ato de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi realizado na manhã de hoje na Avenida Atlântica, na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Ainda não há estimativas sobre a quantidade de pessoas presentes, que se reuniram em frente a um quiosque no Posto 5. Uma faixa dizia que era preciso na democracia, “respeitar as urnas”.


Imagem: JORGE HELY/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

O ato contra o Governo Bolsonaro está marcado para as 14h no Centro do Rio. Porém, também em Copacabana, na altura do Posto 4, um grupo menor lembrou a vereadora Marielle Franco, morta em 2018, e se manifestou contra o presidente. Equipes do 19º Batalhão da Polícia Militar abordaram um veículo na Avenida Atlântica e apreenderam três facas, cinco bastões de madeira e fogos de artifício. Quatro pessoas que estavam no carro foram conduzidas à 12ª Delegacia de Polícia. Não houve registro de conflitos.

Foto: Jorge William / Agência O Globo

Em São Paulo, mochilas revistadas

Mais de 4.000 policiais que estarão nas ruas de São Paulo foram orientados a revistar mochilas e, caso haja objetos que apontem risco para pessoas ou patrimônios públicos, devem ser apreendidos e os abordados, qualificados. Na Avenida Paulista, quem saía com bolsa do metrô era revistado pela polícia. Duas pessoas foram detidas pela manhã, com porrete e produto químico não especificado.

Estão sendo utilizados três helicópteros, seis drones, 150 viaturas, quatro veículos “guardiões” e um veículo lançador de água. Outras unidades da PM permanecerão de prontidão e, se necessário, serão deslocadas para prestar apoio às equipes, de acordo com a pasta. Segundo a PM, o efetivo está dividido igualmente entre Largo da Batata e Avenida Paulista, e há também agentes em outros locais estratégicos, como estações e terminais.

“Mas vamos supor que um movimento seja muito mais do que o outro, e que haja necessidade de um efetivo maior da PM… Nós temos a habilidade de nos mobilizar rapidamente”, explicou o tenente-coronel Emerson Massera, em entrevista à CNN.

*Com informações de UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055