martins em pauta

domingo, 15 de dezembro de 2019

Nem a Bíblia Sagrada escapou da corrupção do PT

Domingo, 15 de Dezembro de 2019

Foto montagem: Jornal da Cidade Online.

Quando todos imaginavam que as fontes de corrupção do Partido dos Trabalhadores estavam se esgotando e que a operação Lava Jato havia desvendado todas as falcatruas organizadas pelo partido e seu líder supremo, o ex-presidiário Lula, eis que o Ministério Público Federal traz à luz mais uma picaretagem do petista.

O órgão divulgou na última semana o que seria o esquema criminoso organizado entre o filho do ex-presidiário, Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, e a operadora Oi.

Segundo o órgão, a Oi teria pago 27,2 milhões entre 2009 e 2013 à família Lula da Silva para que o então presidente Lula editasse o decreto que permitiu a fusão da operadora com a Brasil Telecom. Os repasses foram feitos através de um contrato entre a OI e a empresa Goal Discos, da qual Lulinha era sócio.

O curioso é que o contrato tratava do serviço prestado pelo Portal da Bíblia, e supostamente tinha como objetivo permitir que a Oi ofertasse a seus clientes a leitura da Bíblia na voz do jornalista Cid Moreira. No entanto, o MPF apurou que o contrato foi superfaturado em 37.569% entre janeiro de 2012 e abril de 2013.

Nem mesmo a Bíblia Sagrada escapou das falcatruas de Lula...


da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055