martins em pauta

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Grupo rouba R$ 10,1 milhões em ouro da Casa da Moeda do México; internautas comparam ação criminosa com série espanhola La Casa de Papel

Quarta, 07 de Agosto de 2019


FOTO: Wikimedia Commons

Um grupo armado invadiu nesta terça-feira (6) a Casa da Moeda do México e roubou o equivalente a 50 milhões de pesos mexicanos em ouro (cerca de R$ 10,1 milhões).

O crime foi confirmado por fontes da Secretaria de Fazenda e Crédito Público à Agência Efe. Funcionários da Secretaria de Segurança Cidadã da Cidade do México já estão prestando depoimento sobre o caso.

Veículos de imprensa locais afirmaram que o grupo armado levou 1.500 centenários de ouro, avaliados em 50 milhões de pesos mexicanos, do local. Há suspeita que funcionários da Casa da Moeda tenham ajudado os assaltantes.

O centenário é uma moeda cunhada pela primeira vez em 1921 para comemorar os primeiros 100 anos da Independência Mexicana.

A produção foi interrompida em 1931, mas retomada em 1943 devido à crescente demanda por moedas de ouro que havia na época.

Apesar de não ter uso corrente, o centenário é muito procurado por colecionadores. A moeda tem 34 gramas de ouro puro e preço estimado de 37,5 mil pesos mexicanos cada (cerca de R$ 7,6 mil).

Esta não é a primeira vez que a Casa da Moeda do México é alvo de um assalto. Em junho de 2018, durante uma reforma, a sede do órgão foi assaltada por quatro homens armados, que levaram moedas antigas e prata e ouro. O valor estimado, segundo a imprensa local, era de 3 milhões de pesos mexicanos (cerca de R$ 606 mil na cotação atual).

A Casa da Moeda do México é um órgão independente do governo federal e é responsável por produzir o dinheiro utilizado no país.

O crime já tomou conta das redes sociais do país. Muitos internautas estão comparando o assalto com os feitos criminosos ocorridos na série espanhola La Casa de Papel, da Netflix, que retrata a história de um grupo de ladrões que realiza ações similares graças à mente brilhante do personagem apelidado de Professor.

R7, com EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055