martins em pauta

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

O engodo de que os Estados Unidos querem levar vantagem por conta do petróleo venezuelano

Terça, 26 de Fevereiro de 2019


Antes de acreditar que os Estados Unidos querem prejudicar ou levar vantagem sobre a Venezuela por conta de sua riqueza em petróleo, convém saber alguns detalhes:

1. A Venezuela responde por 6,64% do total de importação de óleo e derivados dos EUA e por 7,75% da importação de óleo cru.

É a quarta fornecedora de óleo aos norte-americanos, atrás do Canadá, do México e da própria produção interna dos EUA. O Canadá, aliás, é de longe o maior parceiro norte-americano, com 40% de participação.


2. A participação da Venezuela entre os principais fornecedores dos EUA vem caindo desde 1997, quando foi de 1,77 milhões de barris/dia, até 2017, quando chegou a 674 mil barris/dia.


3. A dependência externa de petróleo dos EUA caiu acentuadamente nessa última década em função de uma série de fatores: aumento da produção interna, adição de etanol à gasolina e aumento da adoção de carros elétricos e híbridos.


4. A produção na Venezuela despencou do patamar de 3,3 milhões de barris/dia em 1997 para 1,9 milhōes de barris em 2017 como resultado das políticas bolivarianas da dupla Hugo Chavez/Nicolás Maduro, que expulsaram empresas estrangeiras do país.


5. O total de exportações da Venezuela em 2017 foi US$ 27,8 bilhōes. Os EUA compraram 42% deste total, a China 23% e a India 13%. Ou seja, a Venezuela é amplamente dependente dos petrodólares norte-americanos.


Portanto, se alguém depende de alguém nessa equação, com certeza não são os EUA da Venezuela.


(Texto de Ivelise Maria)

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055