martins em pauta

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Em 2009, o então ministro da Educação, Fernando Haddad, e presidente em exercício, assinaram lei que tornava obrigatória a execução semanal do hino nacional em escolas públicas e privadas




Quarta, 27 de Fevereiro de 2019



Damares Alves, como noticiado, disse que será obrigatória a execução do hino nacional nas escolas — embora não exista punição para quem não obedecer.

Em 2009, o então ministro da Educação, Fernando Haddad, e o presidente em exercício, José Alencar, assinaram uma lei que tornava obrigatória a execução semanal do hino nacional em escolas públicas e privadas do ensino fundamental.

Fonte: Blog do BG


Fonte: Blog do BG




Essa cambada de sem futuro "pt, psol", tem mais é que cumprir as determinações do governo central. Se tiverem insatisfeitos, vão para a Venezuela….
Se dependesse de mim, todas as escolas teriam que ser militarizadas. Os alunos teriam que cumprir todo o regulamentos das Forças Armadas. (bater continência, pagar flexões, pedir permissão para se retirar diante de um superior e tudo mais que reza o regulamento disciplinar).
Apontem aonde é que eu estou errado…….
Paulo


Como se cantar um hino fosse salvar esse país… melhor procurar laranja.
Ceará-Mundão


Essa cambada de petralhas inconsequentes, na sua ânsia de atacar o governo Bolsonaro a qualquer custo, não respeita sequer uma lei promulgada no próprio governo do PT. Saem por ai criticando a recomendação do ministro Velez para que os alunos cantem o nosso hino (atitude extremamente antipatriótica) quando, na verdade, isso é obrigatório, em função de uma lei da época do governo do presidiário de 9 dedos. Essa gente é mesmo inacreditável, surreal. E não podem ser considerados brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055