martins em pauta

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

'Apego a poder, dinheiro é um vício', afirma Sérgio Cabral em depoimento

Quarta, 27 de Fevereiro de 2019

Foto: EBC

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral disse em depoimento nesta terça-feira (26) que admitiu um "erro de postura" e afirmou que "dinheiro é um vício". Na última semana, ele admitiu pela primeira vez ao Ministério Público Federal (MPF) que recebeu propina em obras e contratos envolvendo o governo do estado.

De acordo com informações do G1, Cabral citou no seu depoimento nomes de ex-integrantes do governo, como o ex-secretário de Saúde, Sérgio Côrtes. A audiência aconteceu no Rio de Janeiro para tratar de esquemas de corrupção na área da saúde durante a sua gestão como governador.

"Vim aqui para falar a verdade. Conheci Sérgio Côrtes na campanha de 2006 mais proximamente. Quando acabou a eleição eu falei para o Côrtes que tinha um contrato com o Arthur Soares e combinamos uma propina de 3% para mim e 2% para você. Antes nos governos anteriores Arthur disse que a propina era de 20%. Esse foi meu erro de postura, apego a poder, dinheiro... é um vício", declarou.

Cabral também admitiu que aconteceram esquemas em todas as áreas da saúde estadual. “Atendemos milhões de pessoas. Poderíamos ter atendido mais”, declarou o ex-governador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055