martins em pauta

domingo, 29 de outubro de 2017

Exército e PF reforçam segurança após ataques ao Ibama e ICMBio no AM

Domingo, 29 de Outubro de 2017 

Exército e PF reforçam segurança após ataques ao Ibama e ICMBio no AM
Foto: Raolin Magalhães / Rede Amazônica
Soldados do Exército e policiais federais reforçam a segurança no município de Humaitá, no sul do Amazonas, após ataques a prédios do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) ocorridos nesta sexta-feira (27). Segundo informações do portal G1, garimpeiros da região são suspeitos de serem autores do crime. O ataque durou cerca de cinco horas e foi registrado em vídeo por celulares. As sedes do ICMBio e do Ibama foram incendiadas, queimando móveis, utensílios, computadores, arquivos e processos. Sete viaturas do Ibama foram destruídas.
Os manifestantes também entraram no prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), onde funciona o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), mas foram contidos. O grupo então ateou fogo em veículos que estavam estacionados na área externa. A suspeita é de que o ataque tenha sido uma represália a uma operação feita por agentes do Ibama, ICMBio e Exército contra o garimpo ilegal no Rio Madeira, em uma área de proteção ambiental. Durante a ação, foram incendiadas balsas usadas no garimpo. Peritos da Polícia Federal de Porto Velho, em Rondônia, foram deslocados para a cidade amazonense para dar início às investigações. Equipes da Força Nacional de Segurança chegaram à região já nesta sexta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget