martins em pauta

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Executivo da J&F fica sem TV e direito à visita após ofender agente penitenciário

Quinta, 02 de Novembro de 2017 

Foto: Agência Brasil

Preso desde setembro, o ex-diretor de Relações Institucionais da J&F, Ricardo Saud, foi transferido para o Pavilhão Disciplinar do Complexo Penitenciário da Papuda depois de ter ofendido um agente penitenciário. A mudança ocorreu na manhã dessa terça-feira (31) e tem validade de 10 dias. Nessa ala, Saud não tem acesso à televisão nem direito às visitas de familiares, já fora do isolamento, ele divide uma cela de 21 metros com o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, e o ex-deputado federal Celso Jacob (PMDB-RJ). Segundo informações do G1 DF, o desacato aconteceu antes do executivo prestar depoimento na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que investiga a JBS. Durante a sessão, ele alegou o direito de permanecer calado e não respondeu aos questionamentos feitos pelos parlamentares. De acordo com a publicação, foi com o executivo longe da penitenciária que o agente levou a reclamação à diretoria do Complexo, que determinou o castigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget