martins em pauta

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Geddel irá recorrer da prisão preventiva na Justiça: 'Documentos frágeis'

Quarta, 05 de Julho de 2017 

por Júlia Vigné
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ BN

A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima irá recorrer da prisão preventiva, determinada pelo juiz federal Vallisney Oliveira, na Justiça. De acordo com o advogado Gamil Föppel, responsável pela defesa de Geddel, os documentos apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF) para embasar a prisão preventiva são "frágeis". "A representação formulada pela autoridade policial se limitou a exercício de infundadas conjecturas, sem elementos concretos que pudessem lastrear as suas suposições, o que apenas evidencia a fragorosa falta de pressupostos e requisitos autorizadores da prisão preventia", afirmou a defesa em nota. Föppel ainda afirma que não foi produzido nenhuma prova nova ao longo da Operação Cui Bono, realizada pelo MPF e que gerou o pedido de prisão de Geddel. "O senhor Geddel Vieira Lima impugnará a decisão através das instâncias ordinárias, com a serenidade daqueles que clamam pela Justiça", afirmou. Ainda não há informações sobre para qual instância o pedido de habeas corpus será encaminhado. A Justiça entrou em recesso forense nesta segunda (3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget