martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 17 de janeiro de 2023

A "bofetada" de Elon Musk

 Terça, 17 de Janeiro de 2023




Um escritório da plataforma que ficava em São Paulo e tinha 150 colaboradores foi afetado com a medida. Musk não poupou quase ninguém. Apenas os funcionários ligados ao departamento comercial. Todo o resto foi embora, principalmente, os oito que eram responsáveis por mediar conteúdos na rede social.

Quando comprou o Twitter, em 2022, Musk afirmou ser totalmente contrário à censura de conteúdos e pessoas imposta pela plataforma. O slogan dele era o de que a "liberdade cantasse", frase em alusão ao pássaro que e logotipo da mídia. Por isso, assim que tomou posse do cargo, o bilionário demitiu milhares de funcionários que regravam os temas que poderiam ou não ser discutidos no Twitter.

Segundo o jornal norte-americano Washington Post, a ideia do CEO da Tesla e Space-X é trabalhar com uma equipe mais reduzida, porém eficiente e engajada com os novos termos da rede. Isso quer dizer que, dos 7.500 colaboradores, Musk vai ficar apenas com 2 mil funcionários.

Sobre as demissões, Em entrevista à Bloomberg, Ella Irwin, chefe de confiança e segurança do Twitter, disse:

"Faz mais sentido consolidar equipes sob um líder (em vez de dois), por exemplo."

Uma verdadeira "bofetada".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643