martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 2 de março de 2021

Coppolla revela: Pandemia empobreceu o país e enriqueceu Estados e municípios (veja o vídeo)

 Terça, 02 de Fevereiro de 2021

 

Vou usar como exemplo o vergonhoso e inadmissível colapso na saúde do Rio Grande do Sul, estendendo toda a minha solidariedade às vítimas da Covid-19 e seus familiares. Manchete da gaúcha 'Zero Hora', publicada ontem: 'Ocupação de UTIs volta a superar 100%, e aumenta fila de espera por leito em Porto Alegre neste domingo'. Diz a reportagem: 'O número de doentes internados com Covid-19 bateu o recorde da pandemia. Como resultado do esgotamento da rede de saúde, a fila de espera por um leito também se manteve em elevação: 142 pessoas com o vírus em emergências às 15h30'”, iniciou Coppolla.

E completou:

“Vamos dimensionar a gravidade do problema? Trata-se de 142 almas sem atendimento adequado, precisando urgentemente de hospitalização com terapia intensiva. Vamos ponderar o absurdo da situação? Isso acontece numa cidade desenvolvida, com 1,5 milhão de habitantes, que é a sexta capital com maior IDH no Brasil e governada por um político adulado pela grande imprensa. E, aqui, eu faço questão de consignar minha profunda decepção com as manifestações recentes do jovem governador do Rio Grande do Sul”, disparou o comentarista.


“Do ponto de vista fiscal, essa pandemia fez o país empobrecer, enquanto estados e municípios enriqueceram. Então, se você quiser ser massa de manobra e, automaticamente, culpar o presidente da República ou o Ministro da Saúde pela falta de leitos em hospitais municipais e estaduais, fique à vontade. Esse é um país livre. Mas, saiba que a sua crítica é injusta e reflete apenas a sua predileção política, não a realidade contábil dos fatos”, concluiu.

Confira o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055