martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 4 de março de 2021

Secretário de Saúde de Doria afirma: “com lockdown pessoas vão morrer de fome”

Quinta, 04 de Março de 2021

Jean Gorinchteyn, Secretário da Saúde do Estado de São Paulo, reafirmou o que já vinha dizendo em público: ser contrário ao lockdown no Brasil por considerar que a medida sem o auxílio-emergencial vai levar parte da população "a morrer de fome".

"Sou contra lockdown, como é feito em outros países, enquanto nós não tivermos esse auxílio (emergencial) para as pessoas que dependem disso. Temos que fazer restrições mais robustas e enérgicas, mas o lockdown no nosso país, não temos condições de fazer. As pessoas vão morrer de fome. Vamos ter um problema civil", garantiu o médico, em entrevista à rádio CBN.


Ele explicou que "o Brasil tem uma questão social e econômica muito peculiar”.
“Fazer o lockdown significa colocar uma parcela vulnerável numa situação difícil sem o auxílio. Eu vejo que alguns estados chegaram numa situação limite", adverte.

Mas, em seguida, ele defendeu a suspensão das aulas presenciais em São Paulo para diminuir a circulação de pessoas.

"Se nós estamos entendendo que as pessoas estão em risco circulando, temos que avaliar as situações em que as pessoas estão expostas. Então, temos que avaliar as escolas. O problema não são as escolas, mas a circulação das pessoas em seus entornos: professores, pais que levam os filhos, no transporte público. Nos próximos dias, vale a observação disso", afirmou.

A proposta de suspender as aulas será debatida com o Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo.

No dia 15 de fevereiro, o secretário de saúde já havia afirmado, em entrevista à Jovem Pan, que as medidas de restrição severas no Estado foram um erro.

“Por exemplo, o lockdown no Brasil não funcionaria. Não funcionaria tanto do ponto de vista econômico, uma vez que grande parte da população vive da economia informal. E, por outro lado, se você decreta lockdown vai todo mundo para a praia, pro campo. Vai viajar e vai se confinar lá.”


Fonte: Jornal da Cidade Online 



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055