martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Maxaranguape fecha praias e proíbe visitantes aos fins de semana

Sexta, 05 de Junho de 2020


Foto: reprodução

A Prefeitura de Maxaranguape, município do litoral potiguar, passou a adotar medidas mais rígidas de combate à Covid-19. Denominada Operação Salvando Vidas, a ação prevê, entre outras determinações, a proibição de visitantes na cidade aos finais de semana, fechamento das praias e proibição de circulação nas ruas e espaços públicos da cidade.

As determinações da Operação Salvando Vidas estão detalhadas no Decreto Municipal n° 20/2020, publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira (05).

A entrada de visitantes, conforme o decreto, estará proibida em todo o município nos finais de semana – sextas, sábados e domingos – até o dia 21 de junho, iniciando a partir de hoje (05).

A Prefeitura também está montando barreiras de fiscalização e sanitárias em pontos estratégicos da sede e distritos, para proibir a entrada de visitantes a para proceder com a higienização dos veículos dos residentes e trabalhadores.

Para os residentes e trabalhadores que precisarem transitar nesses dias, o Decreto exige que eles circulem portando documentos pessoais, comprovantes de residência e carteira profissional de trabalho, para que possam comprovar o local de ou o motivo de estarem circulando nas ruas.

“Vamos proibir aos finais de semana o uso dos balneários públicos: lagoas, praias e rios. Vai estar extremamente proibido o uso dessas áreas de lazer públicas. Nós vamos fazer fechamento das entradas da nossa cidade. São quatro barreiras, nas quais vão estar agentes públicos. E só irão entrar na nossa cidade moradores e fornecedores de produtos para os mercados essenciais. Fora isso, no final de semana vai ser proibido entrar no município. Serão os próximos três finais de semana. Na sexta, no sábado e no domingo”, afirmou o prefeito Luis Eduardo Bento da Silva em pronunciamento pelas redes sociais.

Ainda de acordo com o decreto, “fica proibida a realização de quaisquer atos que configurem festejos juninos”. O descumprimento às regras resultará em multas de até R$ 5 mil. Segundo o prefeito, pessoas também poderão ser presas e levadas à delegacia em flagrante por colocar em risco a saúde pública.

Até esta quinta-feira (4) Maxaranguape tinha 12 casos confirmados e dois óbitos pela Covid-19.

Portal Grande Ponto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055