martins em pauta

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Odebrecht gasta R$ 1,5 bilhão com delações premiadas de executivos

Terça, 14 de Janeiro de 2020

Foto: Divulgação

O grupo Odebrecht teve de arcar com uma despesa de R$ 1,5 bilhão para convencer 77 executivos a se entregarem à Justiça para que a companhia pudesse negociar um acordo de leniência, segundo o jornal Valor Econômico.

O valor refere-se apenas aos gastos que o conglomerado teve com as pessoas físicas. Já o acordo corporativo da Odebrecht com Brasil, Estados Unidos e Suíça, possível devido aos relatos dos seus executivos, ficou em R$ 3,83 bilhões, com parcelas anuais até 2040. De forma simplificada, seria como dizer que o custo financeiro da Lava-Jato, sem considerar o reputacional, foi de R$ 5,3 bilhões.

O valor gasto com executivos é a soma de R$ 530 milhões em multas aos profissionais, estabelecidas pelo Ministérios Público Federal (MPF), mais gastos com advogados brasileiros e americanos e indenizações pagas mensalmente por prazo igual ao da pena recebida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055