martins em pauta

domingo, 10 de novembro de 2019

Falei que tínhamos um encontro marcado com as prisões alongadas de Curitiba, diz Gilmar

Domingo, 10 de Novembro de 2019


por Pablo Rodrigo | Folhapress
Foto: Divulgação / STF


O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou em Cuiabá nesta sexta-feira (8) que a discussão sobre a prisão em segunda instância foi influenciada pela própria Operação Lava Jato, que teria utilizado prisões alongadas contra investigados.

Gilmar disse que desde 2016, quando a Corte estabeleceu que o cumprimento de pena ocorreria após decisão em segunda instância, já se previa discutir novamente, o que ocorreu nesta quinta (7), quando por 6 a 5 se decidiu que o réu só pode cumprir a pena após o trânsito em julgado (saiba mais aqui).

"Eu vinha apontando esses desvios já algum tempo. Falei várias vezes em 2016, 2017, nós temos um encontro marcado com as prisões alongadas em Curitiba".

O ministro ainda responsabilizou a imprensa pela polarização do país nos últimos anos. "Isso foi obra da imprensa. A imprensa demonizou determinadas pessoas e beneficiou outros, estimulou esse tipo de prática".

Fonte: Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055