martins em pauta

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

'Ele teria emprestado de boa fé', diz PF sobre dono de imóvel usado como bunker

Quinta, 07 de Setembro de 2017

por Estela Marques / Ailma Teixeira
Foto: Google Street View

Identificado como proprietário do apartamento onde foi encontrado o bunker ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), o empresário Silvio Antônio Cabral da Silveira prestou depoimento à Polícia Federal (PF), em Salvador, nesta terça-feira (5). O superintendente da PF na Bahia, Daniel Madruga, contou que ele foi até à corporação de livre e espontânea vontade e que, até o momento, não há indícios de crime por parte dele. “Vai depender do que existe na investigação, que corre em Brasília. Não há mais informações sobre a participação das pessoas, mas em princípio ele teria emprestado o apartamento de boa fé”, afirmou Madruga em conversa com jornalistas na tarde desta quarta-feira (6). O superintendente adiantou que Silveira deve ser intimado a depor em Brasília, já que a investigação corre lá, no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). No passado, o empresário foi processado no caso de desvio de dinheiro da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal) após ser apontado como contratado ilegalmente pelo mercado. O caso teria ocorrido entre 2002 e 2006. Parte da Operação Cui Bono?, que investiga irregularidades na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal (CEF), a apreensão ocorreu no apartamento 201 do Edifício Residencial José da Silva Azi, Rua Barão de Loreto, no bairro da Graça, em Salvador. A PF encontrou oito malas e seis caixas com mais de R$ 51 milhões no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget