martins em pauta

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

‘A violência está tomando conta do RN e ninguém faz nada’, diz secretário vítima de bala perdida em Natal

Sexta, 22 de setembro de 2017


“Sinto que a violência está tomando conta do país, do RN, e ninguém faz nada”. As palavras são do secretário de Saúde de Paraú, Antônio Rogério Peixoto Neto, vítima de uma bala perdida na noite desta quinta-feira (20) em Natal. O secretário foi baleado durante um tiroteio, no qual um homem morreu. O suspeito de ter feito os disparos foi preso.

Antônio Neto falou com o repórter Kleber Teixeira, da Inter TV Cabugi, na manhã desta quinta (21) no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, onde se recupera de uma cirurgia. O tiro atingiu o abdômen do secretário. “Foi um susto grande. A primeira coisa que agente pensa é na família”, afirmou.

Ainda de acordo com o secretário, ele havia ido à rodoviária de Natal para retirar dinheiro em um caixa eletrônico. Mas, antes disso, parou em um espetinho para fazer um lanche. “Comprei o espetinho, e quando a mulher foi pegar o troco, chegou esse rapaz atirando pra matar uma determinada pessoa que eu não sei que era”, contou.

O tiroteio

Segundo a Polícia Militar, o tiroteio aconteceu por volta das 20h40. Na ocasião, um homem identificado como Márcio Galdino de Macedo, de 32 anos, se desentendeu com Erinaldo Bezerra da Silva, que tem a mesma idade. Após a confusão, Márcio atirou várias vezes contra Erinaldo, que não resistiu aos ferimentos. Próximo da confusão estava o secretário Antônio Neto.

Baleado no abdômen, o secretário foi socorrido para uma Unidade de Pronto Atendimento, e depois transferido para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, no HWG.

Márcio Galdino, que segundo a PM foi quem fez os disparos, foi preso e levado para a Central de Flagrantes. Ele nega. Contudo, com ele foram apreendidos uma pistola e munições. Além disso, a polícia disse ainda que o suspeito foi reconhecido por uma testemunha.

VIA G1/RN /O Natalense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget