martins em pauta

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Justiça homologa delações de réus da Lava Jato ligados ao Grupo Schahin

Sábado, 11 de fevereiro de 2017


A Justiça Federal homologou os acordos de colaboração premiada de dois réus da Lava Jato ligados ao Grupo Schahin, Edison Coutinho Freire e José Antônio Marsilio Schwarz. Conforme documentos anexados por procuradores da força-tarefa ao sistema eletrônico da Justiça, em ação penal decorrente da 31ª fase da operação, cada um vai pagar multa de R$ 500 mil. A homologação ocorreu na quarta-feira (8).

Em um dos termos da delação, Schwarz relatou que o Grupo Schahin fez o pagamento de R$ 200 mil em propina para a campanha do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, quando ele concorreu a deputado federal do Rio Grande do Sul. De acordo com o delator, os pagamentos teriam sido feitos por um escritório de advocacia ligado ao partido e teriam sido descontados da propina devida ao PT na obra do Centro de Pesquisas da Petrobras. Ferreira não se elegeu nas eleições de 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055