martins em pauta

domingo, 21 de janeiro de 2018

Médico receita "diminuir o uso do celular" para tratar anemia

Domingo, 21 de janeiro de 2018


Um médico de São Raimundo Nonato (PI) receitou uma conduta incomum para uma criança de dez anos que se queixava de fraqueza e dores de cabeça: usar menos o celular.


A mãe da paciente, a autônoma Fernanda Silveira, contou ao UOL que levou sua filha Sofia por duas vezes à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) próxima de sua casa, e foi lhe foi pedida a realização de uma série de exames. "Ela estava sentindo fraqueza, enjoo, tontura, dor nos olhos e na cabeça", conta.

Dois familiares de Fernanda levaram os exames para o doutor Francisco de Castro, 69, conhecido na região como Chiquinho, analisar. Sofia foi diagnosticada com anemia. "Ele viu que ela estava com anemia e ficou perguntando como ela estava. Foi atencioso, ficou procurando saber o dia a dia dela. Quando ele soube que ela ficava muito tempo na internet, dormindo tarde, acordando tarde, percebeu que o uso a mais do celular estava tirando a vontade dela [de fazer as coisas]", explica a mãe.

Foi aí que Chiquinho decidiu colocar na receita a necessidade de que Sofia passasse a usar menos o celular. Fernanda ficou tão feliz com a recomendação do médico para a sua filha que ela decidiu postar a receita em sua página pessoal no Facebook. "Expus no Face para alertar as pessoas da minha cidade".

O que Fernanda não esperava era que o seu relato fosse virar um assunto tão amplo. "Não imaginava não [a grande repercussão]. Sou conhecida aqui, botei para alertar as pessoas, mas não imaginava que ia ser tão grande. É um tema que tem que ser discutido e alertado", diz.

Em contato com o UOL, o doutor Chiquinho explicou o que o fez colocar a recomendação do celular na receita. "Na verdade, eu fiz uma receita para um exame que ela mandou pra eu olhar. Tinha anemia leve e eu passei remédio. Só que quem trouxe exame foi a avó e um tio, que é padre. Eles estavam lamentando que a menina está viciada no celular, não estuda mais direito, não se alimenta. Como a mãe não estava, nem a filha, coloquei no rodapé da receita para diminuir o uso do celular pra ver se melhorava. Era só um recado para aconselhar a menina", conclui.

Segundo Fernanda, o "recado" do médico deu certo. "Ela diminuiu o celular. Estou determinando horário pra ela usar. Ela está dormindo cedo, acordando para tomar café, almoçar, jantar. Hoje ela não está mais sentindo tontura como ela estava".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget