martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Decretos de armas de Bolsonaro serão revogados pelo governo Lula, anuncia equipe de transição

Quinta, 17 de Novembro de 2022

Imagem: reprodução/CNN

O senador eleito Flávio Dino (PSB-MA), que tem liderado o grupo técnico de segurança na equipe de transição do governo, afirmou que o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva vai revogar atos do presidente Jair Bolsonaro, que culminaram no aumento de acesso a armas pela população. O plano da gestão petista é que as medidas a serem adotadas pelo futuro governo afetem até mesmo quem já comprou armas na gestão Bolsonaro. O alvo principal são as armas de grosso calibre que teriam sido adquiridos a partir da liberação prevista em decretos editados pelo atual presidente.

Questionado sobre o assunto ao chegar no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde o governo de transição tem se concentrado em Brasília, Dino disse que o objetivo é fazer valer o que já estava previsto no estatuto do desarmamento de 2003.

“Eu estou falando como senador eleito. Aí sim, (deve-se revogar decretos que liberam armas). Não há dúvida que há um escopo principal do grupo, porque é um compromisso do presidente Lula e nós temos que ter um duplo olhar. O primeiro olhar: olhar daqui para frente. Nós temos uma lei vigente, o estatuto do desarmamento, que foi objeto de um desmonte por atos infralegais, abaixo da lei. Isso sem dúvidas é um tema fundamental do grupo de trabalho. É um tema que o presidente Lula escolheu e foi aprovado pela sociedade brasileira”, comentou Dino.

Segundo o senador, que é cotado para assumir o Ministério da Justiça, o grupo técnico ainda está avaliando o assunto em detalhes, para verificar cada ação que será tomada. “O tema daqui para trás é um tema que exige algumas reflexões. A primeira: existe direito adquirido a faroeste? Não. Existe direito adquirido a andar com fuzil, metralhadora? Não. Imaginemos a questão de um medicamento que hoje é permitido e amanhã passa a ser proibido. Alguém terá direito adquirido a continuar a tomar o medicamento? Não. É possível que haja um efeito imediato, inclusive no que se refere aos arsenais já existentes? Sim, é possível”, disse.

O senador afirmou ainda que deverá haver medidas para que ocorra a devolução de armamento pesado que já foi adquirido pela população. “E o que já está em circulação? Provavelmente vai haver uma modulação. Aquilo que for de grosso calibre, por exemplo, deve ser devolvido. Algum tipo de recadastramento no que se refere aos clubes de tiro. Vai haver fechamento generalizado de clubes de tiro? Seguramente não. Mas não pode ser algo descontrolado, não pode ser liberou geral. Todos os dias vocês noticiam tiros em lares, em vizinhança, bares, restaurantes, de pessoas que possuíam registro de CAC (registro de Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador). Mostra que esse conceito fracassou. E, se fracassou, deve ser revisto.

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. A arma em casa é necessário, pois do jeito que está a bandidagem chega na sua porta e diz que quer lhe assaltar e você só tem que abrir a porta, não tem como se defender.

  2. Esse filme eu já vi. Não faz muito tempo. Não funcionou. A bandidagem continuou armada e a população ficou refém. Desarmamento para a população e seguranças armados pra mim. Hipocrisia pura !!!

  3. Muito bem 👏🏻👏🏻👏🏻 Têm que desarmar mesmo, quem gosta de armas são bandidos , eu sou totalmente contra as armas . Foi por isso que votei em Lula

    1. Deixa de ser idiota querem desmar voce que e uma pessoa de bem e deixar os bandidos armado otario

    2. Vc é um hipocrita quero ver o dia que um vagabundo entrar na sua casa e ameaçar a sua familia seu cabra de peia. O cidadão de bem tem que se defender quero ver desarmar os vagabundos no morro do alemão e em Mãe Luiza. Fora PT.

  4. Tem plano de retirar as armas de grosso calibre também dos traficantes? Porque pessoas de bem armadas assustam a sociedade e os tráfico armado não?

  5. Não se ouve falar que o luladrão está priorizando o desarmamento do tráfico, das quadrilhas organizadas, a perseguição é só nas pessoas de bem

  6. Monte de ladrão, desarma o cidadão de bem que aí podemos cometer os crimes que quisermos, a população estará desarmada e a Mercer de nossas falcatruas calados, é bom lembrar que hoje somos mais de 1.2 milhão de CAC’s, sem contar com quem teve toda paciência do mundo de tirar sua arma pela PF, Sinarm! O Brasil é outro viu seus ladrões, sabemos o nosso poder e os nossos direitos !!! Lembrem-se disso!

  7. Isso aí….
    Na campanha ficaram caladinhos e ate deixando a impressão que não mudaria pra não espantar alguns eleitores. mas como previsto vai abrindo a caixa de maldades devagarinho, escondendo as mentiras ….enrrolando…passando sebo …adestrando jumento…
    TÍpico do PT e das esquerdas: Mentir

    1. Queridão, Lula falou em alto e bom som no debate da Globo que era contra o armamento. Se você tapava os ouvidos pra não ouvir a voz rouca do presidente o problema é seu.

    2. Para o Lula esse negócio de andar armado é só para bandido, as pessoas de bem só tem que trabalhar e pagar impostos

  8. Tenho arma, e não dou a ninguém, comprei, paguei, registrei, tudo dentro da lei, nem me devolvendo o dinheiro que gastei, eu devolvo!
    É minha e ponto final!
    Quem não quizer assim, faz o “L”.

    1. Kkkk, entregue não, que tomam e tu vai preso, kkkk, entregue não kkkkk, kkkk, perdesse teu dinheiro, kkk

  9. Não tem uma postagem sobre os quase 900 bilhões de furo do teto de gasto pelo governo bolsonaro nos 4 anos de gestão. O pessoal seletivo!

    1. Vc só esqueceu de um detalhe amigo L. Foi tudo para uso durante a pandemia e manter o país de pé, não para dividir grana com os hermanos

  10. Foi o prometido na campanha. Falta quebrar sigilo de 100 anos. A conta da campanha eleitoral que o bolsonaro comprou e não levou, começou a chegar para os estados. No RN foram 180 milhões a menos na arrecadação dos últimos três meses. Foi compra de votos descarada. Ainda bem que o povo percebeu as medidas eleitoreiras e o mandou pastar.

    1. Que nada meu irmão, falta aumento de salário igual ao judiciário, universidade pública de qualidade para todos e todeßssssssss, picanha, Hospital, plano de saúde, aposentadoria aos 45 anos, raparigacde graça (para quem gosta), vinho francês, charuto cubano,cpassagem aérea, esse negócio de arma a gente pensa, eu não votei no barbudinho para ser otario, eu votei porque ele é fera, não gosta de mentir, falar alto,vão desrespeitou as amigas uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643