martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 17 de outubro de 2022

A terrível 'censura' petista bate na porta da Jovem Pan, mas será desmoralizada pelos números

Segunda, 17 de Outubro de 2022

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Benedito Gonçalves – aquele que Lula deu tapinhas na cara - atendeu a um pedido da campanha do ex-presidiário Lula da Silva (PT) para investigar a Rede Jovem Pan.

A Corte pretende apurar suposto “uso indevido” dos meios de comunicação.

O PT alega que a TV Jovem Pan News promove uma campanha difamatória contra Lula.

Ainda segundo O PT, a Jovem Pan é “parcial” e “confere tamanho privilegiado” ao presidente Jair Bolsonaro (PL), que “vem irrigando os cofres da emissora com verbas públicas por meio de publicidade”. O PT alega que, em 2021, a verba destinada ao grupo empresarial alcançou o triplo dos valores recebidos em 2018, quando o país era governado por Michel Temer (MDB).

Os números entretanto, desmentem o PT:

“Desde o início do governo Bolsonaro, a Jovem Pan recebeu R$ 4 milhões em verbas publicitárias”, escrevem Augusto Nunes e Edilson Salgueiro. “Tal valor é inferior ao registrado nas gestões de Lula, Dilma Rousseff e Michel Temer. No primeiro mandato de Lula, foram R$ 6 milhões. Entre 2007 e 2010, mais R$ 8 milhões. Dilma destinou ao grupo empresarial R$ 7,5 milhões no primeiro mandato. Entre 2015 e 2018, foram R$ 8 milhões. Em contrapartida, o Grupo Folha abocanhou R$ 371 milhões nos dois mandatos de Lula. Dilma e Temer, somados, transferiram R$ 156 milhões. No governo Bolsonaro, a catarata de reais secou: apenas R$ 2 milhões irrigaram o caixa da Folha. O fim da farra ajuda a entender a hostilidade do jornal ao presidente da República.”

Veja o quadro abaixo:

  • Fonte: Jornal da cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643