martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Argentinos que vivem no Brasil pedem ajuda para receber compatriotas “em fuga” da Argentina

 Quarta, 04 de Agosto de 2021

O casal formado pelo brasileiro Marcelo Taormina, e sua esposa, a argentina Sil Taormina, estão pedindo ajuda financeira para transportar, receber e alojar os argentinos que estão migrando para o Brasil, em fuga do caos econômico e social que se instalou no país vizinho, desde a posse do presidente Alberto Fernandez e sua vice, Cristina Kirchner, acusados de implantar um sistema de governo que pode ser comparado ao socialismo que destruiu a Venezuela, em um processo que foi acelerado, por uma série de decisões equivocadas no âmbito da pandemia.

O objetivo da família Taormina é arrecadar, inicialmente em dinheiro, R$ 25 mil, um valor que pode ser considerado baixo. Para tanto, foi criada uma vaquinha online, no site ABACA$HI, com arrecadação acumulada até o momento, pouco acima dos R$ 5 mil.

Sil e Marcelo Taormina foram retratados na última reportagem de capa da revista A Verdade. Com sete filhos, eles vivem na cidade de Itanhaém, no litoral paulista. Chegaram em 2013, em uma Kombi e com apenas 50 reais no bolso. Hoje, possuem chácara própria, onde garantem a subsistência, vendendo o que produzem e também com a venda de serviços por redes sociais.

No texto publicado no site de arrecadação, eles contam que descobriram, pelo Facebook, os muitos grupos de argentinos que desejavam morar no Brasil e perguntavam como e o que fazer para vir, pois não aguentavam mais a situação de perdas, injustiças, insegurança e fome em seu país natal. Os Taormina passaram a dar respostas, o que acabou virando “uma bola de neve que não para de crescer”.

"Começaram a chegar as famílias e todas queriam morar perto de nós na baixada santista e pediam para ajudar a encontrar casas para alugar, quartos ou pensões, e muitas famílias que venderam e deixaram tudo o que tinham na Argentina chegaram aqui com 300 a 500 reais para começar uma vida”

Não há números precisos ou dados oficiais, mas informações que correm nas redes sociais dão conta que há, em curso, uma migração de argentinos para o Brasil, portanto, o trabalho da família Taormina é, além de algo a ser aplaudido, também um fator de alerta para uma situação que pode estar se agravando com o avanço de governos de esquerda na América Latina.

Temos que ficar atentos.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055