martins em pauta

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Weintraub diz que busca ‘solução’ para Escola Sem Partido ainda neste mês

Segunda, 12 de Agosto de 2019


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou no Twitter que “está buscando uma solução” para o Escola Sem Partido ainda neste mês.

“Espero ter novidades ainda em agosto”, afirmou. Weintraub não deu mais detalhes sobre o assunto.

O movimento “Escola sem Partido”, que diz representar pais e estudantes contrários ao que chamam de “doutrinação ideológica” nas salas de aula brasileiras, existe há vários anos, mas só a partir de 2015 começou a provocar polêmica – desde que câmaras municipais, assembleias legislativas e o Congresso Nacional começaram a debater projetos de lei inspirados no grupo.

O “Escola sem Partido” é uma referência a coisas distintas. Primeiro, há o movimento “Escola sem Partido”, um grupo que diz representar pais e professores. No site oficial, o movimento diz se preocupar “com o grau de contaminação político-ideológica das escolas brasileiras”, e afirma que “um exército organizado de militantes travestidos de professores prevalece-se da liberdade de cátedra e da cortina de segredo das salas de aula para impingir-lhes a sua própria visão de mundo”.

O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055