martins em pauta

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Sem A Farra Das Empreiteiras, Exército Segue Trabalhando Em Obras Pelo Brasil

Segunda, de Maio de 2019

“É uma obra de extrema importância, em virtude de que vamos dar uma capacidade maior de transporte, não só de cargas, que vão ao Porto, como também ao turismo e ao transporte particular de pessoas”, disse Pujol.
.
São 124 militares trabalhando no trecho de 50,8 quilômetros entre os municípios de Guaíba e Tapes. Ao todo, cerca de 250 homens devem trabalhar na obra, que tem conclusão prevista para 2021. ANTES da ENTREGA FINAL, os TRECHOS que ESTIVEREM em CONDIÇÕES de TRÁFEGO SERÃO LIBERADOS GRADATIVAMENTE. O trabalho prevê serviços de terraplanagem, pavimentação asfáltica, construção de viadutos e pontes, drenagem e sinalização.
.
O primeiro viaduto, localizado no acesso a Barra do Ribeiro, deve ser liberado ainda em 2019. A duplicação está sendo executada pelo 1° Batalhão Ferroviário de Lages. O efetivo catarinense é conhecido pela expertise na execução de obras. Em todo o Brasil, o Exército possui 11 batalhões especializados em engenharia de construção. O de Lages é o único localizado na Região Sul, e a duplicação da BR-116 é a maior obra do Sistema de Engenharia do Exército atualmente.
.
Os militares concluirão os lotes 1 e 2 da duplicação da rodovia. Os trechos estavam sob responsabilidade do consórcio Constran S/A, do grupo UTC, que deixou a obra após entrar em recuperação judicial e não apresentar as garantias necessárias para a continuidade.
.
Quando o exército retomou a obra, em março deste ano, o primeiro trecho (entre Guaíba e Barra do Ribeiro) tinha 62,2% dos serviços executados. Já no segundo (de Barra do Ribeiro a Tapes), 70,5% estavam prontos. A duplicação do trecho Sul da BR-116 tem papel fundamental no escoamento da produção gaúcha, sendo um dos braços principais de ligação entre o Estado e o Porto de Rio Grande.

Fonte: Noticia Brasil Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055