martins em pauta

domingo, 2 de dezembro de 2018

PAIS DEVEM FICAR ATENTOS A DOENÇA “MÃO-PÉ-BOCA” SURTO EM CRECHES E ESCOLAS

Domingo, 02 de Dezembro de 2018

Virose contagiosa que virou surto em creches assusta pais que tratavam pensando que fosse alergia, mas é a chamada “Doença mão-pé-boca”.


Um alerta está sendo divulgado para pais e responsáveis de creches e pré-escola. Crianças com idade de até 5 anos estão sendo vítimas de uma doenças contagiosa. O vírus provoca sintomas que, entre outros problemas causa estomatite.

A Doença mão-pé-boca provoca febre, falta de apetite, inflama a garganta e dar dor de cabeça, porém, o pior deles são as bolhas que se formam nos pés, nas mãos e cabeça, com coceiras constantes fazendo com que fique quase impossível evitar que as crianças cocem irritando ainda mais a região. Além de tudo isso as crianças sofrem com dores aumentando o sofrimento.

Por se trata de uma doença infecciosa, ter atenção é uma prioridade para evitar que mais crianças sejam contaminadas pelo vírus. O contágio acontece principalmente por meio de secreções oriundas das feridas, contato com fezes de quem possui o vírus, nesse caso a contaminação pode ocorrer quando a pessoa contaminada não lava as mãos. Outro modo de contrair o vírus Doença mão-pé-boca é pelas secreções que partem das vias respiratórias.

Como evitar o vírus Doença mão-pé-boca?

A orientação para prevenção é não compartilhar brinquedos, utensílios, roupinhas, copos, beijos e não ter contato com catarro em caso de tosse.

Seria muito bom se existisse uma vacina para proteger as crianças, mas ainda não foi desenvolvida com segurança para prevenção desse vírus.

O Ministério da Saúde pede para que pais e responsáveis por crianças intensifiquem a higiene das crianças e, as que estiverem com Doença mão-pé-boca precisam ficar em casa.

Funcionários de creches devem seguir a orientação de ao trocar fraldas lavar as mãos antes de cuidar de outra criança.

O Dr. Drauzio Varela, conceituado médico, alerta para os riscos da desidratação, isso pode piorar o quadro de saúde e é um dos sintomas da infecção que abre úlceras doloridas.


Via Maetips

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055