martins em pauta

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

PGR emite parecer contrário à delação de Duda Mendonça firmada com PF

Sexta, 15 de Setembro de 2017

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

Negociada com a Polícia Federal (PF), a delação premiada do marqueteiro Duda Mendonça recebeu parecer contrário da Procuradoria-Geral da República (PGR). No entanto, o Supremo Tribunal Federal (STF) ainda pode homologar a delação, aceitando o acordo. Segundo informações do UOL, a opinião do Ministério Público Federal (MPF) foi enviada ao ministro Edson Fachin entre junho e julho, mas ainda está sob sigilo. Interlocutores do magistrado disseram que ele só pretende se decidir depois que a corte julgar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), que foi proposta pela própria PGR contra os acordos fechados pela PF. De acordo com a publicação, o MPF alega que a celebração dessas delações tira a "pressão psicológica" do investigado no chamado "dilema do prisioneiro", que é a situação em que o suspeito se vê obrigado a colaborar com a Justiça. No ano passado, Duda já havia tentado firmar o acordo com o MPF, mas não teve sucesso. Em seus depoimentos à PF, o marqueteiro relatou pagamentos de caixa dois da Odebrecht para a campanha do deputado Baleia Rossi (SP), líder do PMDB na Câmara, e dos senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Marta Suplicy (PMDB-SP), dentre outras ilegalidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget