martins em pauta

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Maioria do STF nega suspeição de Janot em processos contra Temer pedido por defesa

Quinta, 14 de Setembro de 2017

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a atuação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em processos contra o presidente da República, Michel Temer. A defesa do peemedebista pediu que o STF deveria declarasse a suspeição do PGR por declarações de Janot sobre investigações contra Temer. O relator do processo, ministro Edson Fachin, refutou as argumentações da defesa do presidente e avaliou que o uso da expressão “flechada” não significa que Janot demonstra inimizada contra o atual ocupante do Palácio do Planalto. Em julho, o procurador-geral da República remeteu uma denúncia ao STF contra Temer e sugeriu que até a saída dele, programada para ocorrer em 17 de setembro, novas investidas poderiam ser feitas para tentar investigar Temer. Na sequência, os ministros Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Melo acompanharam o relator. Ainda não votaram os ministros Celso de Melo, Gilmar Mendes e Carmen Lúcia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget