martins em pauta

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Choro e ranger de dentes em Minas Gerais. Governador eleito promete colocar milhares de petistas na rua

Segunda, 12 de Novembro de 2018


O governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema, do partido Novo, promete fazer uma devassa na administração pública e demitir milhares de petistas que 'lotam os armários' do governo mineiro. Segundo Zema, o atual governador Fernando Pimentel, do PT, abriu espaço para milhares de petistas de todo o país, a ponto de mudar o termo 'cabide de empregos' para armários completos repletos de petistas.

Interlocutores do PT afirmam que esse aparelhamento monstruoso não tem impacto na economia de um estado, mas ao que tudo indica, tem sim. A disposição do governador Romeu Zema não se limita a cortar milhares de apaniguados petistas ocupantes de cargos comissionados. Zema quer enxugar a máquina pública e pretende transformar o Palácio das Mangabeiras, residência oficial do governador, em um “Museu das Mordomias para que todo mineiro veja como vive o imperador de Minas Gerais”.

Neste momento, vários petistas que recebiam salários de mais de R$ 10 mil estão devolvendo apartamentos e carros que compraram financiados. Desde a derrota do governador Fernando Pimentel, vários ocupantes de cargos comissionados se anteciparam e procuraram credores para o renegociamento de dívidas futuras. Segundo um servidor, a situação dos petistas no governo do Estado é crítica e já houve até mesmo casos de separação entre casais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055