martins em pauta

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

FOTOS: Polícia Civil prende na Grande Natal casal investigado por integrar grupo que roubava bancos no RN, PE e SE

Quarta, 14 de Novembro de 2018

Uma das ações do grupo foi a explosão de um caixa eletrônico em São Gonçalo do Amarante


Uma ação conjunta da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) e do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) resultou na prisão de um casal, que é investigado por fazer parte de uma organização criminosa com atuação em roubos a bancos, nos estados do Rio Grande do Norte, Sergipe e Pernambuco, na manhã desta terça-feira (13).

Valdemir Gomes de Oliveira, 47 anos e Genilda Moura de Paiva, 30 anos, foram presos quando estavam na cidade de São Gonçalo do Amarante. Valdemir Gomes foi preso mediante mandado de prisão por ser foragido da Penitenciária de Alcaçuz, durante a rebelião de janeiro de 2017, e Genilda Moura foi presa mediante mandado de prisão, devido ao envolvimento dela em prestar auxílio para um grupo criminoso que explodiu um caixa eletrônico na cidade de São Gonçalo do Amarante.

As investigações descobriram que o homem é investigado por vários crimes praticados em diversos estados do país. “Foi investigado pela Polícia Federal por quatro roubos a bancos e Correios; por tráfico de drogas pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte; por porte de arma pela Polícia Civil da Paraíba; por porte de armas e munições pela Polícia de São Paulo”, informou o delegado da Deicor, Erick Gomes da Silva. No momento da prisão desta terça-feira (13), Valdemir Gomes estava com um revólver calibre 38, seis munições e usava um documento falso no nome de Mateus Gomes da Silva. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e uso de documento falso.

“Dentro da organização criminosa, o papel de Genilda Moura foi de auxílio com a locação de uma granja que serviu de ponto de apoio para os integrantes do grupo, na explosão de um caixa eletrônico 24 horas, ocorrido no dia 09 de março de 2018, na cidade de São Gonçalo do Amarante”, detalhou o delegado adjunto da Deicor, Marcuse Cabral. Ela já foi denunciada por tráfico de drogas cometido na cidade de Caraúbas e presa por tráfico de drogas na cidade de Natal.

No dia 10 de março, a Deicor localizou uma residência em São Gonçalo do Amarante, onde foram encontrados muitos grampos utilizados na ação criminosa, bem como uma pistola 9 milímetros SR9 Ruger, com numeração raspada, 15 munições do mesmo calibre e munições de outros calibres. A equipe da Deicor também conseguiu localizar na granja dois baldes de grampos, bem como explosivos e placas de veículos clonados ou roubados.

Fonte: Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055