martins em pauta

sábado, 1 de abril de 2017

Janot diz ao STF que não pode investigar Temer por delação de ex-presidente da Transpetro

Sábado, 01 de abril de 2017 

Foto: Marcos Corrêa / PR

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não pode investigar o presidente Michel Temer por meio da delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Em documento enviado ao ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, Janot justifica que Constituição não permite a investigação do presidente da República durante o seu mandato por “atos estranhos ao exercício do mandato”. De acordo com o G1, a petição foi encaminhada ao STF na última terça-feira (28). Em sua delação premiada, Machado relatou que Temer pediu a ele doações eleitorais para o ex-deputado federal Gabriel Chalita, então filiado ao PMDB, para a campanha à prefeitura de São Paulo em 2012. O ex-presidente da Transpetro afirmou que se encontrou com Temer naquele ano para acertar um pagamento no valor de R$ 1,5 milhão para a campanha, que seria feito pela construtora Queiroz Galvão. Machado também apontou que, na eleição de 2014, Temer controlou a destinação de R$ 40 milhões doados pela JBS para a campanha eleitoral de senadores do PMDB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055